quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Caso da água em Imbituba: Casan responde

Repercutindo o caso da venda de água mineral em copos da Casan no Estádio Emília Rodrigues em Imbituba, a Assessoria de Imprensa da Casan, através do jornalista Gilberto Bordignon, deixou mensagem ao Blog, dando a versão da empresa sobre o fato. O texto é o que segue:

"Ao tomar conhecimento sobre a venda de água envasada pela CASAN, durante jogo de futebol entre Imbituba e Brusque, o Presidente da empresa determinou o registro de um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Imbituba, bem como a instalação de uma Comissão de Sindicância para apurar os fatos. Quatro caixas contendo copos de água foram doadas ao Clube de Imbituba para serem servidas aos policiais militares que faziam a segurança do estádio. A comercialização é proibida, constando inclusive no rótulo dos copos. Logo que os fatos sejam apurados, a CASAN os divulgará a imprensa.

Assessoria de Comunicação da CASAN.
Fone: 048- 3221-5096"

4 comentários:

  1. É uma cilada, Bino !!!



    Flavinho.

    ResponderExcluir
  2. Cilada? Não duvido que o presidente do Imbituba tenha tomado dessa água destinada aos policiais.

    O suposto bom tratamento dado ao BFC visava só uma coisa: tentar a classificação já que o WO colocava automaticamente o metroxa nas finais.

    ResponderExcluir
  3. elaia... querem saber o que a sidicância vai concluir?!

    Vão argumentar que não tem provas que os copos estavam sendo vendidos e, por consequência, arquivar o caso.

    Será que alguém tem o cupom fiscal da compra?!?

    Abraços,
    Guto

    ResponderExcluir
  4. Muito blá...blá...isso é uma vergonha

    ResponderExcluir