quarta-feira, 24 de março de 2010

Brusque atrás de algo inédito em Ibirama

Cheguei ao trabalho hoje, e fui abrir os jornais de Chapecó. Lá, contam que o Brusque irá perder em Ibirama, e a Chapecoense irá vencer o Criciúma, para empatar a parada do rebaixamento a três rodadas do final.

Eles não estão totalmente errados. Mas, ao mesmo tempo, nunca fui para Ibirama tão esperançoso de trazer pontos de lá. O Brusque nunca venceu no Hermann Aichinger, trouxe apenas dois empates na história. Mas tabus existem para ser derrubados.

Brusque não tem desfalques significativos. Rogério Souza volta, mandando Pereira para a cabeça de área, que é onde vinha jogando. Cris sai, mas Rogélio retorna na zaga. Na frente, Pantico e Viola sabem que agora contam com um sistema de meio-campo que faz a bola chegar na frente. Ou seja: a melhora veio, e o time entra em condição de buscar resultado.

O Ibirama não tem o artilheiro do time, o veloz ala-direita, os volantes e ainda pode ficar sem o zagueiro Souza, que sofre de dores no nervo ciático, o que equilibra a partida. O time terá a volta de Antônio Carlos e apostará nos chutes de Maurício Fofão, que deverá ter atenção especial da marcação brusquense. Vai ser um jogo bom, é bom não contar com a vitória antes da hora.

Uma coisa me preocupa no Brusque: o goleiro. Que Marimon não trouxe confiança ao torcedor, isso não é novidade. Pra mim, ele falhou no primeiro gol da Chapecoense, ao sequer ir na bola e cair de bunda no chão em um chute que vinha em sua direção. O técnico Hélio Vieira surpreendeu a todos a promover o garoto João Ricardo, das divisões de base, à titularidade. Ele jogou no ano passado contra o JEC pela Copinha e mostrou certo nervosismo. Mas ele é bom, e confio em sua qualidade. É só colocar a cabeça no lugar.

O Brusque deve anunciar um goleiro amanhã. São três os sondados: Cássio, atualmente no Santa Cruz-RS, Alexandre, do Rio Branco-PR e Renato, que jogou aqui em 2007, é ex-Corinthians e atualmente joga a A2 do Paulista.

2 comentários:

  1. Só corrigindo Rodrigo, o Brusque já venceu em Ibirama sim, foi no dia 17 de outubro de 93 pela Copa Santa Catarina, o placar foi de 3 x 0 para o Bruscão lá em Ibirama. Abrç.

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo,

    Não estou com tantas esperanças assim de vencer o Ibirama hoje. Só vi melhora na equipe no ataque com a chegada do Pantico. O meio continua como estava, toque aqui toque ali, a diferença é que antes não tinha o infernal Pantico agora tem. Não levo fénesse time, mas tenho uma fé muito grande que a Chapecoense não ganha dois dos quatro jogos que faltam.

    Amanhã veremos quem tem razão.

    Um abraço e um empate hoje já está ÓTIMO.

    ResponderExcluir