domingo, 11 de abril de 2010

Deu o regulamento, e clássico na final

Ao contrário do jogo emocionante e repleto de gols no sábado, hoje tivemos gols perdidos e defesas importantes dos goleiros. Deu o regulamento e o clássico que as torcidas da capital esperavam. Me impressionou a partida do Joinville. Claramente, o time melhorou, e isso é boa notícia para quem vai para a final como campeão da primeira etapa. O time vai entrar bem na decisão, contra quem for, e isso é boa notícia para o torcedor do JEC.

E para a decisão do returno, teremos dois times que definitivamente não convenceram nas semi-finais. Hoje o Figueirense mostrou nervosismo, e quando o melhor em campo é o goleiro, é sinal que as coisas não funcionaram bem. Principalmente no primeiro tempo, o Joinville pressionou, colocou bola na trave, e Wilson segurou lá atrás. O Figueira pecou na falta de pontaria.

No segundo tempo, o jogo caiu muito de qualidade, e o Figueirense colocou tudo a perigo com a expulsão de Lucas, lá pelos 25 do segundo tempo. Isso poderia dar combustível ao JEC, mas o time do Mauro Ovelha foi para a frente de forma desorganizada.

O favoritismo na final do returno é do Avaí apenas e tão somente por questões do regulamento. Tivemos dois clássicos no ano com dois empates, e o resultado igual é do time da casa. O Figueirense vai desfalcado, e se quiser vencer a partida, além de arrumar o time, vai ter que treinar bastante a pontaria. O clássico promete ser interessante.

Ah, e menção honrosa pra arbitragem hoje: Paulo Henrique Bezerra mostrou que é o único que se salva no quadro de Santa Catarina. Mas não dá pra colocar ele pra apitar todo jogo, né?

10 comentários:

  1. Apesar daquela lambança terrivel que fez no ano passado no jogo Brusque x Chapecoense, nesse ano foi bem.

    Edmundo e Zé Acácio tem que ser banidos do futebol de SC. Vão piorar cada dia mais o nome já sujo do Delfim.

    SEM VERGONHA É POUCO PRA ESSES DOIS.

    ResponderExcluir
  2. Pra mim o campeonato terminou ontem.

    Daqui pra frente, torço pro Gremio, até a próxima fase da Copa do Brasil.

    Se o Avaí por um milagre eliminar o fraco time do Gremio, vou torcer pro próximo que enfrentar o Avaí.

    ResponderExcluir
  3. Depois que os arbitros tiraram qqer possibilidade dos chamados pequenos ficou muito emocionante mesmo.

    Florianópolis contra Florianópolis, como a imprensa poluida da "capital" gostaria.

    Sugestão: no ano que vem façam um campeonato só com Figueirense e Avaí.

    Pelo menos assim ficamos fora dessa palhaçada.

    ResponderExcluir
  4. A propósito, o Joinville só conseguiu chegar pela ruindade dos times da "capital" no primeiro turno.

    O Brusque foi beneficiado com expulsão de 5 jogadores contra o "temido" Avaí no primeiro turno, depois do juiz patrocinar uma verdadeira festa pra delirio da imprensa da "capital".

    ResponderExcluir
  5. Nesse mesmo jogo contra o Avaí, nos primeiros 20 minutos da etapa inicial metade do time do Brusque já tinha tomado cartão amarelo.

    Sob aplausos e delírio da imprensa da capital. Nós merecemos mesmo. Quem manda participar dessa farsa.

    ResponderExcluir
  6. Apenas uma correção. As 5 expulsões do Brusque foram contra o Figueirense: Marimon, Luiz Henrique, Cris, Viola e Carlos Alberto (Brusque).

    Contra o Avaí, foram 5 cartões amarelos até os 30 minutos do primeiro tempo, mais o Teti expulso no segundo tempo.

    Dá-lhe capital!!!

    ResponderExcluir
  7. Mais uma correção: se não me engano, naquele jogo contra o Figueirense o Marimom tomou cartão amarelo e não vermelho. Isso antes de iniciar o jogo.

    Ainda naquele jogo, todos os jogadores do Brusque tomaram cartão amarelo, além da 4 expulsões.

    Quanta emoção nesse campeonato!!!

    ResponderExcluir
  8. Depois ainda reclamam que torcemos pra times de fora.

    Dá-lhe Zunino!!!
    Dá-lhe Delfim!!!

    Voces são farinha do mesmo saco!!

    ResponderExcluir
  9. Ê anônimo atrapalhado! E recalcado.
    Sobre expulsões e cartões amarelos, só lamento, pois os times de SC batem mesmo e os juízes as vezes, por pior que sejam, acertam pelo menos nisto.
    A arbitragem de SC erra pra todo mundo, não tem essa de favorecer os times da capital. É que os melhores times acabam se sobressaindo mesmo com os erros dos juízes. Nem sempre, mas no compto geral sim.
    E vocês viram a rodada do fim de semana nos grandes centros? Infelizmente o erro de arbitragem no Brasil é crônico, e na maioria das vezes não é conspiração, é ruindade mesmo dos homens do apito.

    ResponderExcluir