quarta-feira, 5 de maio de 2010

No Top da Bola, a quase certeza da virada de mesa

Acabo de chegar da bela festa que foi a entrega do Top da Bola 2010. Evento bem organizado, que premiou os melhores do Campeonato Estadual, onde William (foto), do Figueira, foi eleito o craque da competição e prestou uma merecida homenagem a Valério Mattos.

Mas o melhor do evento são os bastidores. E qual o assunto mais falado? Se você falou a questão da Chapecoense na primeira divisão em 2011, acertou.

O presidente da FCF falou pra quem quisesse ouvir que a Chapecoense deverá permanecer. Na visão dele, o Atlético (quinto colocado neste ano) vira último colocado e se junta ao Juventus na barca para a Divisão Especial de 2011. A questão está nas mãos do TJD, e o novo presidente, o Dr. Alexandre Monguilhott, deixou uma clara impressão que seguirá a linha da Federação. Pelo menos foi o que eu senti na saída do CentroSul. Mas ele não vota sozinho, e será interessante acompanhar a linha de julgamento que os auditores do tribunal seguirão. O advogado no Verdão no caso será o Dr. Wanderley Godoy Junior, diretor jurídico do Marcílio Dias, que já declarou à imprensa itajaiense que a vaga é da Chapecoense.

Quero aproveitar esse post para um pequeno desabafo. Ontem, o Ivan Carlos, que é meu amigo e que escreve no jornal "Diário do Iguaçu", escreveu que a imprensa do litoral está travando uma luta contra a Chapecoense. Não é assim e ele sabe que não nutrimos nenhum tipo de rixa. Ora, se ele falasse algo ao contrário, seria detonado pela torcida local. Não mudarei em momento algum meu ponto de vista: caiu no campo, terá que subir no campo. Se um time desistiu, que se dê passagem a quem fará por merecer a vaga dentro das quatro linhas, no caso, o terceiro colocado da Divisão Especial. Tenho a certeza de que, se fosse o Brusque ou o Criciúma que estivesse nessa situação, seria cobrado o seu rebaixamento lá naquela região.

O julgamento que acontecerá no TJD, e é bom lembrar, acontecerá na esfera desportiva, e é prudente aguardar o resultado. Mas conforme advogados consultados pelo Blog, e que entendem mais do assunto, a partir do momento que o Estatuto do Torcedor, que é uma Lei Federal, é afrontado e invocado, passa a ser caso de Justiça Comum com atuação do Ministério Público. O caso não parará em Balneário Camboriú. Não tenho dúvidas que os clubes da Divisão Especial, interessados diretos na situação, recorrerão ao STJD, no Rio de Janeiro, caso seja confirmada a virada de mesa. Será uma novela que vai se arrastar e criar muita polêmica. Preparem-se, porque o polêmico Tribunal já está encomendando a pizza.

Encomendei a meu amigo advogado Fernando Amorim Coelho um texto que busca explicar ao frequentador do Blog sobre as implicâncias do caso junto ao Estatuto do Torcedor e como a Justiça poderá atuar no caso. Assim que ele me enviar, publicarei.

18 comentários:

  1. Caso isso venha a se confirmar, será um retrocesso gigantesco para o já mambembe futebol catarinense. Conforme você mesmo escreveu Rodrigo, caui no campo, tem que voltar por ele. Porém, a gente sabe que isso será muito difícil de ocorrer. Existe uma série de outros fatores que, de certa forma, desconhecemos, por trás de toda essa situação. Como você frisou, se fosse qualquer outro clube que tivesse caído iria jogar a Segundona ano que vem e ponto final. Vamos esperar a pizza chegar e de que forma ela será digerida por todos.
    Lembro, de novo, se a virada de mesa acontecer, o futebol catarinense escreverá mais uma página negra na sua história. Vamos esperar para ver.

    ResponderExcluir
  2. Quando o Atlético de Ibirama pediu licença, o campeonato DE FATO já havia terminado, homologado ou não.

    PEDIU LICENÇA PARA NÃO DISPUTAR O CAMPEONATO DE 2011. Como pode pedir licença para não disputar um campeonato e ser rebaixado noutro já encerrado?

    Claro que isso vai pra justiça comum. A decisão do TJD não vai valer nada.

    ResponderExcluir
  3. Pergunto ao pessoal do Blog...... e se fosse o Brusque ou Imbituba que tivesse caido eles se dariao ao trabalho de tentar fazer a virada de mesa para ajudar um desses dois do mesmo jeito que o Delfim vem tentando ajudar ?!?!?

    Dps o pessoal do Oeste quer reclamar do Delfim hein !

    Torcedor da Chape:
    "Poxa vida somos sempre prejudicados !"

    Eh estamos vendo isso !

    Vão ficar devendo favor.....

    ResponderExcluir
  4. acho q o rodrigo desde sempre fez campanha contra a chapecoense se não me engano vc disse um certo dia q preferia jogar em qualquer lugar menos aqui em chapecó porque era longe demais faz tempo q querem regionalizar o estadual mas como em outras ocasiões com avai jec é a vez da chape ser favorecida mas não pela federação como dizem e sim pelo regulamento o torneio não tinha acabado ainda quando o atletico se licenciou!!!

    ResponderExcluir
  5. Atletico pediu licença na Sexta-Feira, campeonato acabou no Domingo.
    No regulamento da Copa SC diz que um clube que disputa o Catarinense é obrigado a disputar a Copa SC, caso contrario é rebaixado...

    Se fosse criciuma, brusque, metropolitano, pode ter certeza que acharia a mesma coisa...
    Se a Chapecoense tivesse ficado em Ultimo e Juventus em 9 pode ter certeza que o povo do Oeste iria dizer que a vaga é do 9 colocado...

    Na Europa é assim... por que Não em SC tbm ?

    ResponderExcluir
  6. Verdão,
    Nunca falei isso que estás acusando. Quanto à questão de ser longe, nada a ver. Chapecó tem aeroporto, com voo barato e em 45 minutos estou lá.

    ResponderExcluir
  7. Aaaaa então se não participar da Copa SC é rebaixado automaticamente.......certo !
    Então vamos "supor" que o avai se recuse a botar um time B a jogar essa copinha.....VC tem plena certeza que ele seria rebaixado !?!?!? ¬¬³

    Ia nada......Chapecoense vai se igualar ao fluminense ! Caiu para a terceira divisão.....NUNCA conseguiu ganhar para subir e o EURICO "a vergonha do meu time" fez um baita tapetão para jogar eles para cima.....

    Pode ter certeza que a Chape vai ser motivo de piada no estado inteiro.

    Vou fazer um faixa gigante para botar no gigantinho..."Lugar de REBAIXADO é na SEGUNDA DIVISÃO !"

    ResponderExcluir
  8. Regulamento do Campeonato Catarinense de 2010:
    CAPÍTULO II
    DOS TROFÉUS, DOS TÍTULOS
    E DA PARTICIPAÇÃO EM OUTRAS COMPETIÇÕES

    Art. 5º A segunda representante da Federação Catarinense de Futebol na COPA DO BRASIL DE 2011 será a associação que se sagrar a CAMPEÃ da COPA SANTA CATARINA de 2010, torneio de futebol profissional a ser disputado obrigatoriamente por todas as associações disputantes do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Divisão Principal de 2010.
    CAPÍTULO V
    DA CLASSIFICAÇÃO FINAL
    Art. 19. A classificação final da competição será a seguinte:
    I – a associação que for a vencedora da 3ª ETAPA (FINAIS DA COMPETIÇÃO) será considerada a 1ª (primeira) colocada e lhe será atribuído o título de CAMPEÃ da competição, ficando, conseqüentemente, a perdedora daquela Etapa (FINAIS DA COMPETIÇÃO) com a 2ª (segunda) colocação e com o título de VICE-CAMPEÃ;
    II – as demais colocações do campeonato, da 3ª (terceira) até a 10ª (décima), serão definidas conforme a classificação geral das associações, excluindo as associações que se sagrarem CAMPEÃ e VICE-CAMPEÃ da competição, somando-se os pontos ganhos obtidos somente nas Fases Iniciais das 1ª e 2ª Etapas (TURNO e RETURNO), excetuando-se os pontos eventualmente obtidos nas Fases Semifinais e Finais daquelas Etapas (TURNO e RETURNO).

    ResponderExcluir
  9. CAPÍTULO VIII
    DO ACESSO E DO DESCENSO
    Art. 23. As associações que obtiverem as 9ª (nona) e 10ª (décima) colocações na competição, conforme o disposto no art. 19 deste Regulamento, serão rebaixadas para a disputa do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Divisão Especial de 2011.



    CAPÍTULO X
    DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS
    Art. 33. Os casos omissos e as dúvidas na interpretação deste Regulamento serão resolvidos pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Futebol de Santa Catarina.

    ResponderExcluir
  10. § 2º A ausência ou desistência de uma associação no Campeonato Catarinense da categoria “Junior” e/ou “Juvenil”, implicará em sua desistência automática do respectivo Campeonato Catarinense da categoria “Profissional”, caracterizando o abandono de ambos os campeonatos, na forma prevista na legislação em vigor, considerando-se nula a participação dessa associação em ambas as competições.
    § 3º Se o Conselho Técnico determinar que os integrantes do campeonato da categoria “Profissional” tiverem que disputar ambos os campeonatos das categorias “Júnior” e “Juvenil” , a associação que não disputar ou que abandonar qualquer uma das referidas competições, será considerada desistente, também, do campeonato da categoria “Profissional” do mesmo ano.
    § 4º Se a associação punida pela Justiça Desportiva nos termos deste artigo for integrante do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional das Divisões Principal ou Especial será rebaixada para o Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Divisão de Acesso do ano seguinte.

    Fonte: Fcf.com.br


    Isso quer dizer que com a Desistência do Atlético da Copa SC (sexta-feira, antes da Final do Catarinense) automaticamente devera perder TODOS os PONTOS, ficando em 10. Lugar.

    ResponderExcluir
  11. Regulamento Copa SC
    RESOLUÇÃO DE DIRETORIA Nº 21/2010

    CONSIDERANDO que, o Conselho Técnico de Associações Profissionais da Divisão Profissional de 2019, em reunião realizada no dia 6 de novembro de 2009, aprovou o Regulamento Específico do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional daquela Divisão para a referida competição, bem como aprovou o Regulamento Específico da COPA SANTA CATARINA de 2010, torneio de futebol profissional, a ser disputado obrigatoriamente por todos os clubes integrantes do Campeonato Catarinense de Futebol Profissional da Divisão Principal de 2010;
    Regulamento Geral das Competições da FCF de 2010-05-05 CAPÍTULO II
    DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO
    Art. 7º A denominação dos campeonatos e torneios, assim como as associações participantes e a forma de disputa constarão no regulamento específico de cada competição.
    Art. 8º As associações disputantes dos Campeonatos Catarinenses de Futebol Profissional são obrigadas a participar também, do(s) Campeonato(s) Catarinense(s) da(s) categorias “Júnior” e/ou “Juvenil” da respectiva Divisão no mesmo ano, dentro das normas estabelecidas no presente Regulamento e no regulamento específico da respectiva competição.
    § 1º Os Conselhos Técnicos de Associações de Futebol Profissional poderão determinar que os integrantes daquelas competições fiquem obrigados a disputar, também, o Campeonato Catarinense de Futebol da categoria “Juvenil” do mesmo ano.

    ResponderExcluir
  12. Thiago,

    Esse regulamento que você colocou que fala da desistência é dos Juniores e Juvenis, e só começa dia 15. Como o Atlético licenciou do ano que vem, precisa jogar a base se não perde a licença e vira eliminação.

    ResponderExcluir
  13. Sim Rodrigo, mas no inicio do regulamento da Copa SC diz que é OBRIGATORIA A PARTICIPAÇÃO DOS CLUBES DA DIV. PRINCIPAL.

    E este regulamento é o unico que fala de desistencia de competições... portanto vai seguir nessa linha...devido a ser o regulamento do campeonato geral das competições de 2010.

    Portanto Rodrigo, vamos ter que tomar mais uma gelada ano que vem no Bailão do trevo ;)
    []`ss

    ResponderExcluir
  14. Vale lembrar que o artigo que fala do rebaixamento fala da juvenil/juniores porém esta dentro do regulamento das competições gerais de 2010 sendo o unico a falar da desistencia de competições obrigatorias... e como nos outros regulamentos dizem que é obrigatorio a participação da copa sc devera entrar no mesmo termo.

    ResponderExcluir
  15. Ah tah...se a Chapecoense ficar é virada de mesa pq o regulamento diz o 9º e o 10º devem ser rebaixados. Ai pedem que o 3º da segundona suba e isso não é virada de mesa? O que diz o regulamento? 1º e 2º da segundona sobem. Se subir o terceiro também vai pra justiça. Então, o correto seria Campeonato Catarinense de 2011 com 9 clubes. O resto é tudo virada de mesa.

    ResponderExcluir
  16. A diferença Daniel R. é que ja sabemos quem é o time REBAIXADO de direito Juve e CHAPECOENSE e o beneficiario da virada ja tem nome e endereço. Já o terceiro da segundona nem sabemos quem vai ser. Seria dado ao 3º melhor competente.

    ResponderExcluir
  17. Futebol Catarinense é de VARZEA mesmo...

    Tanto esporte precisando de mais apoio, mais torcida e voces perdem tempo com isso !

    ResponderExcluir
  18. que vergonha.

    pior que ser rebaixado, é voltar no tapetão.

    Todo mundo critica o delfin, a sem vergonhice que eh a FCF e o TJD, a ladroagem da arbitragem. Mas quando vc eh o beneficiado com a robalheira, vc muda de opinião.

    A fcf e o tjd são reflexos dos clubes e dos torcedores. Clubes, direitores e torcedores assim, merecem uma fcf e tjd assim.


    Dupla vergonha pelo time de chapeco, primeiro por ser rebaixado e segundo por nao conseguir voltar dentro de campo.

    ResponderExcluir