terça-feira, 25 de maio de 2010

O JEC também se complicou na semi-final

Não é só o Brusque que terá uma difícil tarefa no jogo de volta das semi-finais da Copinha. O Joinville também, mas precisará de um gol a menos para se classificar. O Criciúma fez valer a vantagem de casa e meteu dois a zero, podendo perder por um gol para conseguir a vaga na final. Promessa de grande jogo na Arena quinta-feira.

O time do Criciúma é uma incógnita jogo após jogo: tem o alto investimento, vem em um processo de evolução e de constante chegada de jogadores. Logo, é difícil prever o que o time renderá no jogo seguinte. Pelo que se espera, o Tigre já entraria como um dos favoritos no segundo turno do torneio. Mas como conseguiu um bom resultado em casa contra a melhor campanha do Grupo A, é possível que os planos sejam antecipados.

E hoje, aparece a possibilidade da decisão do turno acontecer entre os dois classificados em segundo lugar, que curiosamente, perderam para Brusque e JEC na fase inicial.

2 comentários:

  1. não tenho certeza sobre o criciuma ter um bom time mas que bate pra dedeu isso bate,basta ver a quantidade de cartões amarelo e vermelho que o time do sul recebeu.
    quinta feira aqui na arena vamos lotar e quem sabe amansar esse tigre estressado.
    time por time sou mais o jec,que vença o melhor o jec é claro...

    ResponderExcluir
  2. Pra eles tanto faz. Eles gostam mesmo de dança e de balé. Futebol não tá com nada.

    Time sem torcida, quase sempre vazio, mesmo em partidas de decisão.

    Terrinha de gays.

    ResponderExcluir