segunda-feira, 28 de junho de 2010

E é Brusque x Criciúma na final do returno

Conforme o esperado, o Criciúma venceu a Chapecoense e fará a final com o Brusque no returno da Copinha. Primeiro jogo na quarta, no Augusto Bauer, e a volta domingo, lá no sul.

No dois confrontos entre os dois na competição, ampla vantagem brusquense: vitória por 3 a 1 em Criciúma e empate em 2 a 2 em Brusque, naquele famoso jogo que o Jefferson Schmidt deixou o pau comer e deu um tapa na cara do Joceli dos Santos.

Será um confronto bom. O Brusque não terá João Neto e Diogo Oliveira no jogo de ida, mas nada que não seja corrigido com Pereira e Ratinho. O Criciúma vem em busca de um título, com um treinador pressionado, que sempre busca desculpas nas derrotas do time. Se fosse em qualquer outro clube, Argel já teria caído faz tempo, mas Antenor Angeloni mostra uma confiança total em seu técnico.

Nao vejo favoritismo nessa peleia. Os dois times têm campanhas praticamente semelhantes na Copinha, sendo que o Brusque chegou às duas decisões de turno. O que me preocupa é a arbitragem. A FCF gosta de emoção ao colocar José Acácio da Rocha, um dos piores da atualidade, para apitar a decisão.

3 comentários:

  1. DENOVO O ZÉ , PORRA ?!?!

    JA COMEÇAMOS PERDENDO PORA AÍ....

    ResponderExcluir
  2. Hoje o Xiru falou tudo, faz anos que o BFC não tinha um timaço. Olha, realmente tenho que tirar o chapéu, independente se vier Título ou não, quero dizer que é um baita de um time, da gosto de ver jogar. Agora vamos cuidar da Àrbitragem, todos sabem que o filho do Delfim está com o Nereu/JEC. Nesse jogo de sábado, a bola não entrou (gol do JEC foi invalido) e o Tal de Ronam distribuio 10 Cartões amarelos para o BFC, isso tudo ajeitado para tirar os bons jogadores de uma possivel final. Cuida FCF, o que é de vcs está "guardado", muito cuidado com o apito amigo.... Depois não vão reclamar!

    ResponderExcluir
  3. Apito amigo é elogio. Deve rolar outra coisa além de amizade, todos nós sabemos.

    Conhecemos também o caráter desse que vai apitar o jogo. Não vale nada, nem como homem nem como árbitro. Quem pode mostrar isso é o seu passado como árbitro,, as arbitragens desse elemento nos jogos do BFC.

    Vai ter que rolar pressão da diretoria do BFC, da Havan, e principalmente da torcida.

    Não vamos aceitar que um sv venha nos roubar dentro do nosso estádio.

    ResponderExcluir