segunda-feira, 28 de junho de 2010

Jogou bem ou fez a obrigação?

Convenhamos, o Brasil venceu sem estresse algum.

Mas antes que se diga que o Chile é um time fraco e que o Brasil patrolou uma galinha morta, é interessante analisar umas circunstâncias da partida.

Bielsa colocou o time pra frente. Queria ganhar o jogo, coisa que as grandes seleções farão contra o Brasil. Jogarão e deixarão jogar. Vão dar espaço, nada de retranca. A Holanda, talvez, instruída pela atuação brasileira no Ellis Park, abrirá mão de seu esquema que usa três atacantes, e marcará a saída de bola tentando subir em contra-ataques. Terá que ser mais cauteloso.

O nome do jogo foi Ramires, que entrou como volante no lugar de Felipe Melo, mas tem as qualidades de um meia. Carrega a bola, é veloz, habilidoso e fez um belo passe para o gol de Robinho. Seria nome certo para enfrentar os laranjas, mas tomou o segundo amarelo e está fora. Mas deu uma ideia para Dunga da formação ideal.

Foi jogo pra levantar a moral de todo mundo, até do questionado Michel Bastos, que estava ameaçado. A dupla de zaga continua mostrando segurança, e Júlio César trabalhou duas vezes no jogo.

Dá muita confiança para enfrentar o bom time da Holanda, que é um bom time, mas terá que respeitar o adversário. Se sair como um doido para a frente, será mais uma vítima do melhor contra-ataque do futebol mundial. Eu acho que o time jogou bem. Pelo que li nos sites esportivos holandeses (e que, obviamente, têm versão em inglês), o respeito lá aumentou um monte depois da atuação de hoje. Isso vai mudar muita coisa na montagem do time laranja.

Um comentário:

  1. Rodrigo, lamentamos muito pelo ocorrido.
    Quero te dizer que a essas são atitudes de pessoas covardes, que não tem coragem de encarar a verdade e tentam calar com violência aqueles que denunciam suas falcatruas atitudes ilícitas; afinal, todos nós conhecemos o "passado" deste covarde, bem como do pai dele...
    "Não deixe que a violência e a truculência tentem te calar...estamos contigo...

    Vitor Joaquim Rezini (pai do Alain)....

    ResponderExcluir