terça-feira, 13 de julho de 2010

Campeões que reforçam Criciúma e JEC

Dois times de Santa Catarina reforçaram-se com jogadores campeões da Copa SC pelo Brusque. Ao meu ver, tanto Pantico, que foi para o JEC, quanto Diogo Oliveira, Têti e Rogélio tem tudo para fazer bons papéis nos seus novos clubes.

Sou fã da composição do ataque de um time com um jogador rápido com outro jogador mais preso na área. E nisso aí, Pantico poderá ser um companheiro de equipe perfeito para Lima no Joinville. Como o camisa 9 da Arena não conta com tanta velocidade, e nem Cris contava, Pantico poderá ser o homem-chave no contra-ataque, e permitirá que Lima não se preocupe tanto na questão de marcação. Se Edinho souber usar e separar as potencialidades dos dois, terá um ataque matador. Resta saber como ele comporá o meio-campo, já que Emerson e Miro Bahia deixaram o clube e Marcelo Silva poderá ser o companheiro de Ricardinho na articulação. Ou o tricolor pode tentar achar outro camisa 10.

Já no Criciúma, reforço em dose tripla. Só que, para que os três deem certo no Tigre, vai depender um pouco da boa vontade de Argel. De Rogélio não há muito o que discutir. É ágil, líder e bom cabeceador no ataque, costuma fazer os seus gols. Agora, a situação da meia é um pouco mais delicada. Não há dúvida que Diogo e Têti, juntos, formam uma dupla quase perfeita. Basta ver o estrago que fizeram jogando pelo Brusque. É aquele caso de jogadores que, quando juntos, rendem muito acima da média. Mas duvido que Argel fará isso. Considerando que o técnico tricolor deverá colocar Márcio Guerreiro como um dos homens de meia na estreia, um dos dois irá para o banco, e a dupla campeã da Copinha não se repetirá.

De qualquer forma, os tricolores ganham muito com os reforços dos campeões da Copinha.

5 comentários:

  1. Embora seja torcedor avaiano, espero que o Joinville volte para a Série C e o Criciúma para a Série B, pela história que ambos possuem, se campeões, melhor ainda. Espero que ambos recuperem o espaço que perderam nos últimos anos, para fazer bons clássicos com o Avaí.

    Quero também parabenizá-lo e prestar apoio após o ocorrido no último sábado, no norte do estado. Nós avaianos sofremos e muito com esse senhor feudal e sua turma. Alguns colegas meus de Ressacada, em alguns casos, são proibidos até de colocar faixas "Fora Delfim".

    Além disso, se puderes, tens total liberdade em publicar um texto que fiz no último domingo, intitulado de Capitanias Hereditárias, abordando e questionando o poder de determinados grupos sobre as entidades esportivas, http://diegowpassos.blogspot.com/2010/07/capitanias-hereditarias.html

    Sucesso em seu trabalho e tudo de bom Rodrigo

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Quem são os outros 10 jogadores que vão para o Goiânia junto com o Pereira? Conta o milagre e não diz o nome do santo Ô?

    ResponderExcluir
  3. Chega doer essa foto do Teti e do Diogo, os dois craques do Bruscao com a camisa do criciuma

    ResponderExcluir
  4. Eu não acredito que o Diogo e Teti farão sucesso no Criciuma. Um grupo desunido, com vários egos a começar pelo técnico.

    No JEC idem. Podem esquecer o Pantico. Vai dar no mesmo que o Bitencourt.

    Futebol dá certo onde existe uma diretoria séria e um grupo fechado e unido. Não é o caso do JEC.

    Quanto ao Pereira e cia, se forem para Goiania, de certo pelo menos vão receber. No metroxa todo mundo sabe que ninguém recebe.

    ResponderExcluir
  5. nao sei, acho que o Rafael Bittencourt não deu certo pq nao tinha futebol suficiente, era limitado e sabia somente bater falta, no final era até reserva do Brusque, ao contrario do Pantico, Diogo e Teti que são craques

    ResponderExcluir