sábado, 31 de julho de 2010

Empates sofridos na Bahia e no Rio Grande

Hoje, o Polidoro Junior disse no Clube da Bola que "sentia que os dois times da capital venceriam no final de semana". Sinceramente, eu também. Confiava no novo quarteto de ataque do Figueirense, que acabou empatando no final contra o Bahia. Dois pênaltis polêmicos para o tricolor baiano. No primeiro, o jogador do Bahia cai de um jeito muito estranho, mas definitivamente não houve a falta. Acho que talvez o ângulo tenha enganado o árbitro, já que um replay de baixo, de onde seria o campo de vista dele, traz essa dúvida. Já no segundo, eu não consegui enxergar o toque do zagueiro alvinegro. Logo, também não foi pênalti. E quase que o Wilson pegou. Mas como ponto fora de casa é importante, não dá pra desconsiderar. Poderia ser vitória? Poderia. Mas não veio e entre as circunstâncias que "fazem parte", estão os erros de arbitragem.

Já o JEC também empatou em Porto Alegre, tomando também gol no final, no confronto entre os dois atacantes campeões da Copinha: Pantico pelo tricolor e Rafael Xavier no Zequinha. 4 pontos em três partidas é pouco para dar tranquilidade. Mas se o time de Edinho fazer a tarefa de casa, vencendo os dois jogos da Arena, classifica e coloca o time para disputar o primeiro lugar contra o Oeste. Mas confesso que esperava muito, mas muito mais do Joinville nessa Série D.

2 comentários:

  1. Tac... não esquece de postar sobre o clássico de domingo...

    ResponderExcluir
  2. rodrigo

    o juiz do jogo do figueirense estava VIZIVELMENTE mal intencionado

    pode rever o jogo e analizar que os criterios dele sempre beneficiavam o bahia

    foi um escandalo essa arbitragem e o pior é que sabemos que nada vai acontecer

    no minimo o figueirense deveria entrar com uma representacao contra o juiz. pq se ele nao roubou, no minimo deve reavaliar se nasceu para apitar

    ResponderExcluir