domingo, 11 de julho de 2010

Estou em casa

Gente, obrigado pelas dezenas de mensagens de apoio. Estou em casa, já passei pelo hospital e nós três que estávamos na cabine 06 da Arena quando houve a invasão do assessor e filho do presidente da FCF com outros amigos, já estamos tomando as providências cabíveis.

Nós estamos bem. Neste domingo, escreverei o que se passou naqueles minutos terríveis. Temi pelo pior, quando cinco descontrolados invadiram nosso espaço.

E dá-lhe Bruscão, tri-campeão da Copa Santa Catarina. Contra tudo e contra todos.

19 comentários:

  1. Força parceiro, a festa foi bonita ontem a noite no Augusto Bauer. "Este era ao do Bruscão no Brasileiro, com este time ninguém segura..."

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo

    Acompanhando pelo radio aqueles momentos terríveis, senti receio do que poderia estar acontecendo quando escutei os barulhos de fundo e a Radio Cidade sem audio durante vários minutos.

    Foi como um ouvinte falou pelo telefone, parecia uma pessoa da família que estava em dificuldade e nós ouvintes sem podermos fazer nada e não sabendo direito o que poderia estar acontecendo. Foi realmente terrível. Fiquei aliviado quando soube que nada de muito grave tinha acontecido.

    Sentimos a sua asencia no Augusto Bauer na chegada dos jogadores. Importante narrar o que aconteceu, mas também é importante um POST SOBRE ESSA CONQUISTA HISTÓRICA DO BRUSCÃO.

    Você, Xirú, Giovani e a Radio Cidade tem uma parcela muito grande nesse título histórico do Bruscão.

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo, tenha a certeza que contas com a solidariedade dos avaianos. No meu blog (Força Azurra - www.forcaazurra.blogspot.com) já mandei enquadrarem essa gente.
    Estes mandos e desmandos da Federação do Delfim têm hora e lugar para acabar.
    Conte com o nosso apoio.
    E parabéns ao Brusque e à cidade pela conquista. Vocês merecem.

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS PREZADO RODRIGO PELO EMPENHO E CORAGEM DE LEVAR A INFORMAÇÃO A TODOS NÓS, AMANTES DO RÁDIO.
    É INCRÍVEL COMO ESTÁ CADA VEZ MAIS FORTE A PRESENÇA DE CORONÉIS E SEUS FILHINHOS NAS FEDERAÇÕES DE FUTEBOL, ÚLTIMA MORADA DESTA GENTE DESPREZÍVEL
    PARABÉNS A VC E SUA EQUIPE PELA CORAGEM DE FALAR O QUE PENSA E LEVAR A POPULAÇÃO A VERDADE JORNALÍSTICA, DOA A QUEM DOER.
    LAMENTO O INCIDENTE MAS FATOS COMO ESTE SERVEM PARA MONSTRAR, REALMENTE, QUEM É QUEM NESTE MUNDO, AS VEZES IMUNDO, DO FUTEBOL.

    MELHORAS E FELICIDADE COMPANHEIRO FIEL DO RÁDIO.

    ResponderExcluir
  5. Também presenti pelo pior, mas anda bem que não aconteceu nada de mais grave contigo.
    Esse Delfinzinho é um vagabundo covarde mesmo, não tem vergonha.

    Parabéns pela exclente cobertura de toda a Rádio Cidade AM nessa caminhada do Bruscão. Vocês dão o sangue mesmo pela cidade e pelo clube.

    BRUSCÃO NINGUÉM SEGURA!!!

    ResponderExcluir
  6. Estou solidário contigo, espero que realmente o marginal seja penalizado.
    Tá na hora desse vagabundo ser banido do futebol e tomara que o pai dele pegue carona, não aguentamos mais esse tipo de gente infiltrada no futebol catarinense. Lugar de bandido é na cadeia.
    Força e pode contar com o blog Nobre Azurra para divulgação de qualquer coisa que queiras divulgar, não vamos deixar que ele saía impune dessa insanidade.
    Abraços,

    http://nobreazurra.blogspot.com/2010/07/lugar-de-bandido-e-na-cadeia.html

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Contra tudo e contra todos literalmente.

    Estamos juntos!

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Rodrigo, esse ato de selvageria nada mais é que o modelo tradicional de reação a um bom trabalho jornalístico. Não há um só cidadão (honesto) do meio esportivo em SC que não esteja solidário a você. Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  10. Força Rodrigo, estamos com você!

    Contra tudo e contra todos!

    ResponderExcluir
  11. Fala fera! Em primeiro lugar, parabéns pro nosso Bruscão, tricampeão, ainda que garfado. Agora estamos na Recopa Sul-brasileira, Série D do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, DEZOITO anos depois. Pensa, o nome do Brusque e de Brusque na mídia e no meio publicitário Brasil afora (mas não com com o Augusto Bauer do jeito que está).

    Em segundo, palhaçada do Delfinzinho. Fez o que não deveria, sem motivo. De certeza te lembras que ele foi preso por tráfico de drogas e, quando dirigia o Atlético-Ib, apontou uma arma pra torcida do Brusque. Acabou o primeiro tempo, foi no meio de campo e apontou a arma, segundo eu sei. Mas melhoras pra ti, vai fundo e faz o há de ser feito, inclusive nos meios judicias e faça com que o Delfinzinho tome a máxima punição quanto mereça, até porque quem anda com 5 seguranças e dá surra por trás, de certeza não é de boa índole.

    PEOR foi o Delfim pai: repórter da Rádio Cidade foi comentar com ele sobre o incidente e ele disse: O que que eu tenho a ver com isso? O cara pé Presidente da FCF e o agressor é filho dele, e ele ainda tem a cara de pau de dizer isso!

    ResponderExcluir
  12. Fala fera! Em primeiro lugar, parabéns pro nosso Bruscão, tricampeão, ainda que garfado. Agora estamos na Recopa Sul-brasileira, Série D do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil, DEZOITO anos depois. Pensa, o nome do Brusque e de Brusque na mídia e no meio publicitário Brasil afora (mas não com com o Augusto Bauer do jeito que está).

    Em segundo, palhaçada do Delfinzinho. Fez o que não deveria, sem motivo. De certeza te lembras que ele foi preso por tráfico de drogas e, quando dirigia o Atlético-Ib, apontou uma arma pra torcida do Brusque. Acabou o primeiro tempo, foi no meio de campo e apontou a arma, segundo eu sei. Mas melhoras pra ti, vai fundo e faz o há de ser feito, inclusive nos meios judicias e faça com que o Delfinzinho tome a máxima punição quanto mereça, até porque quem anda com 5 seguranças e dá surra por trás, de certeza não é de boa índole.

    PEOR foi o Delfim pai: repórter da Rádio Cidade foi comentar com ele sobre o incidente e ele disse: O que que eu tenho a ver com isso? O cara pé Presidente da FCF e o agressor é filho dele, e ele ainda tem a cara de pau de dizer isso!

    ResponderExcluir
  13. Krug disse: "Fiquei aliviado quando soube que nada de muito grave tinha acontecido."
    Gabriel Campi disse: "(...)não aconteceu nada de mais grave (...)"

    O cara quebrou o nariz, ficou com os dois olhos roxos e machucou o queixo, e não aconteceu nada de mais grave! Só pra cara de vocês!

    ResponderExcluir
  14. Presidente Danilo, André e direção do Bruscão

    Em consideração a tudo que aconteceu:

    1) Atitude anti-ética da direção do JEC anunciando a contratação do Pantico antes da final

    2) Discriminação com a torcida do BFC, que foi tratada como cachorro no jogo em Joinville

    3) Co-autoria na agressão do nosso maior torcedor, e símbolo do futebol brusquense Rodrigo Santos

    4) Decaso com o BFC e com o futebol de Brusque

    5) Falta de ncaráter de um mau caráter chamado Nereu Martinelli que além de ser o responsável por todos os atos descritos acima ainda paga salário para um canalha influenciar a arbitragem e fazer falcatruas

    Sabemos que o Pantico tem mais 3 meses de contrato com o BFC.

    Se for para emprestar para alguém que não seja para 2 times: Joinville e Metroxa. Nós torcedores não merecemos isso.

    ResponderExcluir
  15. Porra, o cara APAGOU e não aconteceu nada de grave?! Pelo amor de Deus, olha essa foto: http://www.radiocidadeam.com.br/web/noticia.php?cod_noticia=11900&Narrador_da_Radio_Cidade_sofre_agressao

    ResponderExcluir
  16. Rodrigo,

    Que este absurdo faça com que as autoridades deste estado que tanto amamos tomem uma atitude para acabar definitivamente com a "obscuridade" que reina na FCF, precisamos de novos tempos!!! Rodrigo, que essa agressão não passe em vão!

    ResponderExcluir
  17. Desejo-te uma breve recupeação e aproveito pra parabenizar o Brusque pelo título mais que merecido.

    Aparece na casa do doce qualquer dia pra tomar uma gelada e engordar uns quilos!

    Abraço, Rodrigo!

    ResponderExcluir
  18. Aliás, deveria ser criado um regimento impedindo que apenas uma pessoa fique tantos e tantos anos no poder de uma pessoa, criando um círculo vicioso. O cara se diz um democrata e fica 25 anos no poder, tornando a entidade um feudo, uma capitania hereditária.

    Infelizmente não há vontade política em mudar essa situação.

    ResponderExcluir
  19. Rodrigo, algumas inúmeras vezes já discordei dos seus pontos de vista sobre alguns assuntos do futebol catarinense. Mas, não posso deixar de te desejar melhoras e parabenizá-lo pelo exercício da sua profissão, colocando a sua opinião para os ouvintes e leitores. Quem faz isso que fizeram contigo faz coisas bem piores. Cadeia para esse tipo de gente. um abraço e parabéns ao Brusque.

    ResponderExcluir