segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Avaí volta a alegrar, e verdes vencem

O Goiás está bagunçado? Não importa. Time que é melhor que o Goiás tem que vencer ele, e de preferência, patrolar. O Avaí assim o fez, sem tomar conhecimento. Venceu, convenceu, deu até de certa forma um alívio a algumas preocupações que apareceram, e dá uma nova arrancada no Campeonato, com dois gols de Davi, que andava sumido, depois de boas atuações na reta final do Catarinense. Rivaldo, que está muito perto de ir ao Palmeiras, entrou em campo. Caso a negociação se concretize, boa sorte pra ele, e que Antonio Lopes consiga dar um jeito de suprir a ausência de Rivaldo, que é um jogador importante dentro do seu esquema. Foi uma bela partida, que poderia até ter um placar maior. Que venha o Guarani.


Já a alegria verde do domingo aconteceu em Chapecó e em Blumenau. Lá no Oeste, a Chapecoense venceu o Brasil-Pel por 3 a 2. Foi sofrido, contra um adversário duro, mas era o resultado que o time precisava. Um empate seria considerado uma grande derrota. Tem clássico com o Criciúma no final de semana.

E o Metropolitano venceu o Pelotas, ao meu ver o adversário mais duro da chave, por 1 a 0 com um gol no finalzinho. O time é líder, nove pontos em três jogos, e está praticamente classificado. A luta passa a ser, nos dois jogos fora de casa que terá pela frente, pelo primeiro lugar do grupo. Considerando que a última partida será em casa contra o já desclassificado Marcílio Dias, o time terá prováveis 12 pontos, precisando de mais um ou dois para ser o primeiro. Não é tão complicado assim.

Ah, e do Marcílio Dias, nem tem muito o que falar. O problema ali não é treinador, é time. A imprensa itajaiense não está gostando nada, e o que poderia parecer um acesso fácil na segundona, que começa quarta para o Marinheiro, pode virar uma dura parada. A Série D já era. Agora, é lutar para reconquistar a vaga na primeira divisão do Estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário