domingo, 29 de agosto de 2010

Chapecoense conquista o ponto que precisava

Semana passada, escrevi aqui sobre a importância que um ponto conquistado fora de casa tem para a Chapecoense. O time tem apenas mais um jogo em casa, contra o Caxias, e com 12 pontos no final da fase, caso mantivesse os 100% dentro do Índio Condá, não garantiria a classificação, sabendo que folgará na última rodada. Logo, teria que conquistar alguma coisa fora de Chapecó, e no primeiro de dois jogos, conseguiu: arrancou um empate sem gols no Bento Freitas contra o Brasil, e com o empate do Caxias com o Juventude em 2 a 2, afastou matematicamente as chances de rebaixamento. Série C garantida no ano que vem. Destaque para o goleiro Nivaldo, que salvou uma bola no finalzinho do jogo.

O Criciúma folgou neste final de semana, e mesmo ocupando a quarta colocação no Grupo, terá pela frente dois jogos em casa contra os caxienses, podendo chegar aos 13, e uma partida contra o Brasil em Pelotas, que tem 8 pontos e mais duas partidas pela frente, podendo chegar aos 14.

O grupo está bem embolado, e o empate no Ca-Ju, com o Caxias empatando o jogo nos acréscimos, complicou mais ainda o Juventude, que precisará vencer os dois jogos que faltam (Chape em casa e Criciúma fora) para chegar aos 10 pontos, torcendo para que Criciúma e Brasil empatem entre si e não marquem mais ponto algum, para escapar de ser adversário do Brusque na Série D. Só falta enterrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário