quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Não adiantou poupar: o Inter venceu

O Inter foi mais time na Ressacada, entrou ligadaço no jogo, D'Alessandro fez um partidaço, e ainda pegou um Avaí completamente bagunçado em campo, que não conseguiu fazer valer a vantagem numérica nos vinte minutos finais. Se o Leão estivesse com o time completo, e com uma atuação inspirada como no jogo contra o Palmeiras, a receita poderia ser outra, mas não foi.

O Avaí perdeu o jogo no seu ataque, que estava inoperante. No primeiro tempo, a marcação do Inter funcionou, e no segundo tempo o Leão até tentou chegar no ataque, mas não conseguiu furar a defesa colorada. Vandinho recebia bolas "quadradas", difíceis de consertar.

Verdade é que o Avaí perde demais sem Caio e Roberto em campo. Aí, Lopes se vira como dá, com Robinho e Cristian jogando abaixo da crítica. Claramente, hoje foi uma prova de que o banco de reservas avaiano não encontra a mesma qualidade que os titulares, principalmente no setor ofensivo.

Com duas derrotas seguidas, ainda não é hora de se fazer terra arrasada, até porque a derrota foi para o campeão da América, que veio e jogou muito bem. No final de semana, tem partida contra o lanterna Atlético de Goiás, que vem no desespero e, no papel, é bem menos time que o Avaí.

Quero encerrar ao post voltando a um assunto ainda ligado ao jogo contra o Botafogo, no sábado. Vi gente dizendo que ˜quem era contra o fato de quatro jogadores serem poupados contra o Botafogo não entende nada de fisiologia˜. Não entendo mesmo. Mas olho para as circunstâncias. Você já tem quatro jogadores fora por suspensão. Precisa poupar mais quatro em um time já desfalcado. E mais: adiantou alguma coisa? Não. O Inter foi mais time e venceu.

Foto: Marina Lisboa / FutebolSC

Um comentário:

  1. Há de se dar com um pau na cabeça de cada jogador do Avaí. Perder em casa pro time que empatou, em casa, com o lanterna do campeonato e, pior ainda, saiu perdendo, é pra levar cada um uma paulada na cabeça e ir treinar a pé.

    ResponderExcluir