domingo, 10 de outubro de 2010

Benazzi, a última esperança azul

O empate do Avaí com o Flamengo, de certa forma, ofuscou o principal assunto do dia nos lados da Ressacada. Na verdade, o que deu pra ver foi o mesmo time de sempre, aquele que deu esperaná quando goleou o Vitória. O torcedor flamenguista deve ter rido a toa quando viu o Avaí tomar dois gols de Val Baiano, atacante que virou piada no Rio. Foi um pouco de mais do mesmo. Nada mudou no time azul, e no final o empate veio como um lucro enorme, já que segurou o time mais uma rodada fora da zona do rebaixamento.

Quando Antonio Lopes deixou o Avaí, um tempo atrás, eu tinha dito no twitter que o clube precisava de um "Vagner Benazzi da vida", que, com pouco tempo de trabalho, possa trazer resultados na base da motivação. E não é que o próprio Benazzi veio? Acho até que veio um pouco tarde, pois desde o começo achei muito infeliz a opção pelo "paizão"Edson Neguinho. A situação não permite mãozinha na cabeça.

Benazzi é o técnico perfeito para a ocasião. Poucos jogos pela frente, situação ainda não tão desesperadora, e um time precisando reencontrar um caminho de vitórias. No futebol, em situações de emergência, as "chacoalhadas" no elenco são frequentemente usadas. E Benazzi é desse tipo.

É a última cartada. Boa sorte ao Avaí.

2 comentários:

  1. ow rodrigo!pode dizer quanto cada clube da primeira divisao recebe da tv aberta?pedi e vc nao respondeu...
    obrigado!

    ResponderExcluir
  2. Cara, de cabeça eu não me lembro. Mas procura no arquivo do Blog. Eu vou ver se acho.

    ResponderExcluir