quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Mais uma derrota daquelas...

Quando a fase é ruim...

... nem com a ajuda da arbitragem a coisa melhora. Foi assim que vi o jogo do Avaí contra o Emelec no Equador. O árbitro Francisco Peñuela não expulsou Davi, que acabou chutando duas vezes o seu adversário no chão, não marcou impedimento no gol avaiano, e ainda deixou o time de Guayaquil com um jogador a menos (dessa vez, com Justiça). Aí faz gol contra, consegue o empate e toma outro no finalzinho. Ô maré terrível essa que não passa para o Leão.

Mas não há nada que não possa ser resolvido. Gostei do primeiro tempo avaiano, o time se mostrou motivado, correu bastante, mesmo sem a velocidade de Roberto, que seria bem-vinda. Mas os erros de passe, principalmente do Rudnei, jogador que tem o amor de alguns torcedores e o ódio de outros, complicaram o meio-campo do time azzurra. Mesmo assim, o time contabilizou grande número de chances de gol perdidas. De tudo o que aconteceu, o melhor foi o gol de Marcelinho, que dá a importante possibilidade do time conseguir a classificação dependendo apenas de uma vitória simples na Ressacada. Acredito muito na ida às quartas-de-final. O Emelec não é lá essas coisas.

Um comentário:

  1. rodrigo- alguma novidade sobre o brusque e o estadio novo ou reforma do Augusto Bauer. Até parei de pagar minha mensalidade pq fui tres vezes la na secretaria e nao tinha ninguem. nem parece que temos uma 2competição nacional pra disputar ano que vem. a impressão que da eh que ta tudo largado. até no blog nem se fala mais no BFC.

    ResponderExcluir