quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Showbol dá calote em hotel de Jaraguá do Sul

O torcedor deve lembrar do famoso Campeonato Brasileiro de Showbol, evento que custou R$ 1,7 milhão do bolso do contribuinte do Estado, para produzir um torneio mequetrefe de veteranos, com pouca presença de público e ingressos caros. Pois lá em Jaraguá do sul apareceu problema.

Segundo informa a imprensa jaraguaense, o hotel Itajara está cobrando na justiça o valor da hospedagem dos ex-jogadores por lá. Houve audiência sobre o caso essa semana, no Fórum de Jaraguá.

Foram chamados a depôr o ex-diretor da Fesporte Cacá Pavanello, que assinou o contrato milionário, e Marcelo Muller, ex-diretor de Turismo da Fundação Municipal de Esportes. Segundo eles, quem deveria pagar a hospedagem seria a própria organização do Showbol (aqui em Brusque, quando passaram por aqui, quem pagou a hospedagem foi a prefeitura), através de alguém chamado "Todé", e que Pavanello teria colocado R$ 15 mil do bolso como adiantamento (leia a íntegra do seu depoimento aqui) sem ter o dinheiro devolvido, mesmo com o repasse de quase dois milhões de reais feito pelo governo estadual à empresa promotora, pago em dia.

Esse Showbol foi a maior lambança da última administração esportiva do Estado. Uma dinheirama que foi gasta só para garantir horas de exposição no Sportv, e que até agora está rendendo problema. Que o futuro governador Raimundo Colombo olhe bem o que foi a política esportiva catarinense nos últimos anos e resolva colocar gente nova na Fesporte.

Ah, e que resolva investigar uma pista de atletismo que foi construída para os Jogos Abertos de 2007 lá em Jaraguá, que absorveu R$ 450 mil dos cofres do governo do Estado. A obra foi apressada para ficar pronta a tempo dos Jogos, mas a promessa não foi cumprida e as competições de atletismo daquele ano aconteceram em Itajaí. A pista foi entregue apenas em dezembro de 2008, cheia de problemas. Três anos se passaram, e com as falhas na colocação do piso, que custou outra dinheirama, a pista sintética virou campo de futebol.

2 comentários:

  1. isso é a politica do nosso estado rodrigo!!!que as pessoas ainda acham que foi bom...aqui em tubarao o maior ginasio da cidade a dois anos atras teve seu teto arrancado por uma tempestade...acabou destruindo todo o piso e esta assim ate hj...e o governo ainda nao mandou o dinheiro para reconstrucao...e a olesc esse ano é aqui!

    ResponderExcluir
  2. o principal nome da vergonha toda se chama, digo, era o presidente da Fesporte...ele causou todo esse estrago. A resposta pra ele veio nas urnas onde ele naufragou como candidato a deputado estadual....
    Qto a pista, o problema foi a eleição para prefeito...tudo feito com cunho eleitoral...

    ResponderExcluir