sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Bola pra frente, Joinville

Tribunais desportivos nem sempre seguem a lógica do que parece tão óbvio. Muitos dos resultados já proferidos causaram polêmicas enormes. Hoje, aconteceu mais uma, e o prejudicado foi o Joinville, que tinha uma confiança enorme em ganhar essa no tapetão, e as evidências que vieram à imprensa colaboravam com isso. Não ganhou.

Agora vai começar uma natural caça às bruxas. Culpa da CBF? do corpo jurídico do Joinville? do Tribunal? Por mais que a decisão ainda caiba recurso ao Pleno, as chances vão se esvaindo, até tornarem-se nulas. E o torcedor tricolor vai se agarrando em uma possibilidade, que pode ser boa, ou pode ser ruim, o que parece ser o mais provável.

Tudo isso seria evitado não fosse a incompetência do Joinville em campo. O time não conseguiu vencer um adversário que escalou um jogador sem contrato e relacionou outro suspenso com três amarelos contra o Madureira. As derrotas no tribunal só prolongam a dor de uma torcida que saiu chorando da Arena naquele fatídico domingo.

Agora, é bola pra frente. O time tem que conquistar no campo a vaga na Série D 2011 durante o Campeonato Estadual, brigando contra Metropolitano, Imbituba e os dois times que subirem da Divisão Especial. Ou correrá o risco de fechar as portas no segundo semestre. De novo.

2 comentários:

  1. Eu tenho ouvido comentários de que o JEC vai fechar as portas.

    Não seria nada mau. Esse time realmente nunca deu certo. Joinville gosta mais de dança do que de futebol.

    Rodrigo, depois de ser agredido covardemente dentro da casa desse clube, com a conivência da diretoria, não acho coerente ficar dando força e apoio pra essa gente.

    Tem mais é que fechar as portas e procurar outra coisa pra fazer.

    ResponderExcluir
  2. Vai tratar do ouvido, Alexandre, você anda ouvindo mal as coisas.

    ResponderExcluir