domingo, 21 de novembro de 2010

Falta muito pouco, mas vai ser sofrido

O Avaí tinha pela frente o Atlético de Goiás, que é osso duro de roer. O time venceu, mostrando os seus defeitos escancarados que desisti de ver consertados,  e foi empurrado pela torcida, o que consegue tapar um pouco da ineficiência técnica do time. O Atlético de Renê Simões não veio para vencer, e o Avaí, beneficiado pelo gol contra do zagueiro rubro-negro, venceu a partida.

Falta pouco. Vitória contra o Santos combinado com derrota do Vitória para o Inter em Porto Alegre, Série A garantida. Os resultados estão colaborando.

Vai ter que ser assim. Não vai ter futebol bonito. E vai ser com drama. O jogo de hoje é um exemplo ótimo. Começo de partida equilibrado, jogo bem de paciência, com o Avaí notando que teria sérias dificuldades para marcar. Depois da expulsão do zagueiro Thiago Feltri, que tomou o segundo amarelo, havia a esperança que a abertura de espaços ajudasse um pouco. Não ajudou, mas o gol contra marcado pelo zagueiro goiano foi de uma utilidade enorme, pois fez o adversário sentir o golpe. O Avaí, armado num 4-5-1, tinha Vandinho como homem de frente, que não correspondeu em nada. Perdeu até pênati.

Parece coisa do destino. Foi Vandinho sair, que Jeferson achou um gol em jogada de falta. Foi o gol do alívio, o gol da festa, em uma Ressacada superlotada.

E tenho que repetir: time empurrado pela torcida. Se fosse só pela qualificação técnica do time, pode esquecer. Nessas horas, é necessário um algo mais. E isso vem de fora das quatro linhas, aquele cidadão que pega aquela fila desumana pra chegar no Estádio, criando algo que intimida o adversário e mexe com o psicológico do jogador. Depois de o time escapar oficialmente da zona do rebaixamento, a gente conversa sobre os problemas graves do time. Agora é mobilizar para fugir do pesadelo. Seja no tranco, no empurrão, gol contra, whatever...

2 comentários:

  1. Rodrigo, a torcida realmente fez a diferença. Oficialmente o público foi de lotação máxima (17.800), mas quem estava lá sabe que tinha mais do que isto, pois tinha mais gente do que cadeiras disponíveis.
    Eu chuto que tinha em torno de 19.000 pessoas.
    E domingo que vem, contra o Santos, com certeza teremos novamente este público!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Exatamente Rodrigo,disse tudo!!!!
    o Avaí por seu torcedor,não merece cair!!!
    abraço
    Igor
    meu blog: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter @blogdoigor05

    ResponderExcluir