quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Qual seria a fórmula ideal do Catarinense 2011?

Vem aí mais um Campeonato Catarinense, e com ela, a velha discussão sobre qual seria a fórmula ideal para o torneio. Neste ano, a FCF não repetiu a mesma fórmula de 2009. A Federação argumentou que foi feita uma "exposição de motivos" para adequar a fórmula às datas cedidas pela CBF. Logo, esse ano a mudança poderá ocorrer.

Mas qual seria a fórmula ideal? Vou dar minha opinião, e vocês fiquem a vontade no espaço de comentários do Blog.

Há de analisar os defeitos desse ano. Primeiramente, eu não gostei nada das semi-finais e finais de turno acontecerem em um jogo só, com o repasse de uma merreca para o time visitante. Além de não dar a chance do time de pior índice fazer renda em um jogo em casa, ele contém um erro crasso: em nenhum campeonato do mundo, uma decisão em um jogo só tem vantagem do empate para alguém. Só aqui em Santa Catarina. E só aqui, um time que ganha os dois turnos não é campeão direto. Outra coisa que precisa ser corrigida.

Por outro lado, gosto da ideia do turno e returno, em que todos os dez times se enfrentam. Isso garante uma divisão de forças melhor que no Gaúcho, Carioca e Paulista, onde os times se enfrentam uma vez só na fase de classificação.

O calendário 2011 do futebol prevê 23 datas para os Estaduais, mas todos os anos a CBF disponibiliza uma data da Copa do Brasil à FCF. Logo, vamos considerar um Estadual com 24 datas possíveis, como no ano passado.

Dessas, 18 são gastas com o turno e returno do Estadual. Sobram seis. Acho que até dá pra fazer uma final de turno e returno, em um jogo, mas sem vantagem do empate, como é no RS.

Minha ideia seria:

Primeiro Turno - nove rodadas, primeiro e segundo fazem a final do turno, na casa do primeiro, com renda dividida. Em caso de empate, prorrogação e pênaltis.

Segundo Turno - mais nove rodadas, primeiro e segundo fazem a final do turno, na casa do primeiro, com renda dividida. Em caso de empate, prorrogação e pênaltis. Caso um mesmo time vença o primeiro e segundo turnos, é campeão direto.

Fase final - Classificam-se os campeões de cada turno, mais os dois melhores pelo índice técnico, em cruzamento olímpico. Os dois classificados fazem a final, em dois jogos, com saldo qualificado, igual à Copa do Brasil.

Ainda faria uma segunda opção, com todos contra todos em 18 rodadas, classificando oito que se enfrentariam em mata-mata até a decisão. Também caberia nas 24 datas.

Na sexta-feira, acontece a reunião dos clubes, eles irão discutir o regulamento de 2011. Na verdade, eu que já vou nessas reuniões há alguns anos, eles nunca discutem, apenas aprovam o que a FCF apresenta. Só tomara que não repitam na íntegra o regulamento do ano passado. Ele tinha muitos erros.

Ah, e por favor: tomara que não repitam a tabela pelo terceiro ano seguido. Já sei de cor que o Brusque estreia com Avaí fora, depois pega Figueira em casa, e por aí vai...

Fiquem a vontade para sugerir a sua fórmula ideal.

10 comentários:

  1. Eu ainda não pensei numa fórmula, mas tenho certeza que esta tua ideia com prorrogação não terá a mínima chance... prorrogação atrasa muito o Programa do Faustão... hehehehe. E sobre a tabela, tens razão... chega de repetir a mesma ordem!

    ResponderExcluir
  2. Espero que eles vejam essa sua proposta de fórmula de campeonato. Mas tenho certeza que eles vão achar alguma fórmula mirabulante melhor hehe.

    Era só o que faltava eles repetirem a tabela novamente.

    ResponderExcluir
  3. não existe formula perfeita, umas privilegiam a emoção outras a qualidade tecnica, outras rendas etc. Acho a ideia de turno e returno classificando 8 boa, com mata mata de dois jogos, sem prorrogação e penalti, para agradar o horario da tv, com vantagem de saldo de gol para o time de melhor campanha.

    ResponderExcluir
  4. eu gosto dessa tabela dos ultimos dois anos

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo, mudando um pouco o assunto...e essa tabela da Recopa no RS ja saiu? quando vamos ter noticias do Bruscão contratações e tal..abra um tópico aó pra gente ficar informado e debater sobre o time.abraço

    ResponderExcluir
  6. mas isso nao acontece so na primeira divisao nao rodrigo....na segundona a
    tabela dos jogos tbm é a mesma todo o ano...a formula da primeira divisao ano que vem foi uma vergonha,eles conseguem a cada dia ser pior no comando do campeonato catarinense,culpa tbm dos dirigentes de clubes que concordam com tudo,bom!vc ja tira pela segunda duvisão,toda semana é jugamentos no tjd,pq clube nao pagou arbitragem e isso e akilo sem contar o ow de alguns jogos...se a fcf fosse mesmo interessada em organizar todo campeonato catarinense porque ja nao acerta a arbitragem de todos os jogos da segundana tbm com a tv...assim nao corre o risco de ser a varzea que é hj...e teriamos uma segunda divisao ate mais atrativa pra todos,

    ResponderExcluir
  7. e essa histo´ria de voltarmos a ter 12 clubes na competição? aí iria pelo ralo esse número de datas...

    ResponderExcluir
  8. O ideal pra mim seria 10 clubes. Pontos corridos com turno e returno e depois os quatro primeiros passando pra semifinal em dois jogos, com o time de melhor campanha decidindo em casa. Empata leva direto pros pênaltis.
    Mas sobrariam data e a TV dificilmente aceitaria.

    Outra coisa. Pra mim a Segundona tem que ser junto com a Primeira e a Copa SC no segundo semestre pra quem não for disputar o Brasileiro. Assim os clubes teriam calendário garantido pro ano todo.

    ResponderExcluir
  9. Hoje não era para ser o dia D para o Brusque ?!!?
    Reunião entre danilo prefeito e luciano ??

    ResponderExcluir
  10. O ideal mesmo é pontos corridos com turno e returno, mas se classificando apenas 4, já que 8 times seriam todos participantes, retirando apenas os 2 rebaixados, o que tiraria muita motivação dos times da ponta de cima na primeira fase.

    ResponderExcluir