sábado, 19 de fevereiro de 2011

O Verdão tentou, mas prevaleceu o regulamento

Um jogo equilibrado no Heriberto Hulse, em que o gramado castigado serviu para dar mais drama à partida, em que a Chapecoense tinha que reverter a vantagem do Criciúma, que tinha o regulamento do seu lado.

A Chapecoense foi valente, colocou bola no travessão quando a partida ainda estava em zero a zero, mas sentiu muito a falta do seu homem-gol, Aloísio, que mostrou nas últimas partidas que faz a diferença quando está em campo. Se o time de Chapecó não tinha o homem de finalização, o Tigre tinha em Schwenck essa peça. Ele fez o gol, após passe de Pirão, o que deu mais tranquilidade. A Chapecoense chegou ao empate, mas não foi suficiente. Faltou o algo a mais. E como reza o regulamento, o Criciúma, favorito que era, perde os 100% de aproveitamento em casa, mas está na decisão. Se for contra o Figueirense, será na Capital. Se o adversário for o JEC, será em casa. Aquele empate contra o Concórdia, além do prejuízo financeiro de não receber um jogo em casa com grande renda, custou uma possível classificação.

E temos que falar do árbitro Célio Amorim, que hoje, teve sim uma boa atuação. Deve ter sido resultado da bronca pública que ele recebeu do presidente da FCF, em entrevista à Rádio Eldorado. Agora, ele tem a obrigação de continuar com boas atuações no resto do Campeonato. Mas por favor, sem aquela horrível camisa roxa.

3 comentários:

  1. O Jogo até foi emocionante hein!mais o equilíbrio até era esperado!
    Vamos ver se amanhã o Joinville faça o Figueira ter dificuldades em sua classificação no Scarpelli que muitos estão vendo como certo!
    abraço
    Igor
    meu blog: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter @blogdoigor05

    ResponderExcluir
  2. Notícia que pode interessar para o Brusque

    O Internacional acaba de comunicar através de seu vice de futebol Roberto Siegmann que a partir de agora o time que disputará o Campeonato Gaúcho será o principal, comandado pelo treinador Celso Roth. O técnico da equipe secundária, Enderson Moreira, e o restante da comissão técnica foram demitidos.

    Alguns jogadores do time B integrarão o time principal e outros serão emprestados. Segundo Siegmann, o Inter decidiu pelo fim da equipe B porque o time foi muito mal no primeiro turno, não repetindo o retrospecto do ano passado.

    Fonte: terra esportes

    ResponderExcluir
  3. A notícia abaixo foi veiculada no link
    http://www.loucospelosanta.com.br/novo/NoticiaCompleta.asp?codigo=363

    O Santa Cruz pode estar contratando mais um jogador, trata-se do meio campista Márcio de Souza Jotha, mais conhecido com Têti, o jogador tem 32 anos e estava jogando na equipe do Brusque-Sc, sua apresentação deverá acontecer nos próximos dias.

    Engraçado é que a notícia diz que TETI ESTAVA JOGANDO.

    E já fala aténa apresentação. Não acredito que a diretoria tenha feito um contrato sem multa contratual. De qqer forma, é só cobrir a proposta deles, se for o caso. Qual a vantagem de trocar Série D por Série D?

    ResponderExcluir