domingo, 20 de março de 2011

A rodada: Verdão recupera, Leão passeia e Figueira preocupa

Os jogos deste domingo mostraram diferentes situações que podem determinar os rumos do returno deste Campeonato Estadual.

Em Blumenau, a Chapecoense bateu o Metrô por 3 a 1 e recuperou os pontos perdidos em casa contra o Imbituba (poderia ser uma baita disparada, não fosse o pênalti mal cobrado pelo Aloísio no Oeste). O resultado alavanca a Chape aos 10 pontos no returno, mantendo a liderança e colocando o time bem próximo da classificação. Já o Metropolitno perde um jogo importante em casa, terá o Avaí pela frente e segue correndo sérios riscos na parte de baixo da classificação geral.

Nos jogos da noite, o Avaí passeou em Imbituba, vencendo por 4 a 0, jogando bem e mostrando que William é uma peça indispensável dentro da equipe. Sem ele, o time não rendeu o que se esperava de um favorito ao título. Na sua volta, a impressão deixada foi a melhor possível, e agora sim mostra a cara do time que vai brigar pelo título do returno.

E no Scarpelli, um jogo que transformou o Figueira numa panela de pressão. O Alvinegro enfrentou um retrancadíssimo Marcílio Dias, jogando com duas linhas de marcação e que dificilmente ia ao ataque. A pressão durou todo o primeiro tempo e parte do segundo sem sucesso, até que o Figueira achou um gol com João Paulo, em um bate-rebate na área. Com Breitner expulso, a receita era segurar o resultado, mas Jorginho colocou o criticado Wellington no lugar de Reinaldo, invocando o coro de "burro"da torcida. Nem o gol de Dudu no final apagou o barulho das vaias ao fim da partida. É notório que Jorginho está desmontando o que Márcio Goiano montou em um ano a frente do time. Uma equipe que tinha um bom sistema defensivo e eficiente armação na meia em um time estranho, com só um volante e três meias, que não renderam em nada, um ataque que não conseguia furar a linha de zaga, e um time com excessivo número de faltas (cinco cartões amarelos e um vermelho) que denotam uma intranquilidade em campo.

O time que passeava no primeiro turno não é mais o mesmo no segundo. E isso abre possibilidades para Avaí e Chapecoense, que vêm despontando nesta metade da segunda fase.

Nenhum comentário:

Postar um comentário