segunda-feira, 7 de março de 2011

Um zero a zero com cara de folga carnavalesca

Domingo de Carnaval, e Brusque e Joinville se enfrentaram no Augusto Bauer. Um jogo que já criou uma rivalidade entre os dois times, devido aos recentes confrontos no Estadual e na Copa SC. E o jogo realizado no meio da folga carnavalesca acabou sem festa: um zero a zero com chances de gol, mas que ninguém conseguiu completar.

Pelo volume de chances dos dois times, foi resultado justo. O Brusque, cujo ataque sente muito a falta de Aloísio, criava chances, mas parou nas mãos do goleiro Max, que parece ter se recuperado depois das falhas apresentadas nos primeiros jogos. No outro lado, Lima perdeu, por excesso de preciosismo, uma clara chance de gol.

É início de returno, e o técnico Giba do JEC declarou que o time melhorou muito desde o primeiro turno, sinal de que a coisa estava feia. Já no Brusque, o clube precisa achar uma solução para a falta de Aloísio, que está contundido. Colocar Kito e Leandrinho no ataque, dois jogadores de mesma característica, é uma solução problemática. O time perde a referência em bola aéra, perde aquele pivô que Chulapa faz com qualidade, e vira presa fácil das zagas adversárias. O time até cria, mas não consegue guardar. Aí complica.

De todos os reforços prometidos, só chegou Lenílson, que é um meia e vai brigar por posição com Marcelinho e William. Além do atacante, o clube precisa de mais um zagueiro (só tem três no elenco) e um jogador para a lateral esquerda, que atualmente vem sendo improvisada.

14 comentários:

  1. Rodrigo o Aloísio ta fazendo mta falta neh?? E pra vc quem tem mais chances de ser campeão do returno??

    ResponderExcluir
  2. carissimo rodrigo assim até eu posso comentar o jogo,com todo respeito mais na outra materia tu escreveste que o brusque estava no caminho certo mesmo na derrota da copa e agora que empatou com o joinville dentro de seus dominios é porque sentiu a falta desse ou daquele jogador.então devemos supor que o jec deveria sentir mais até porque trocou quase todo o time e muitos desses jogando a primeira vez e longe de casa?vamos aguardar o seu comentario apos o proximo jogo então saberemos qual é o verdadeiro problema do brusque.

    ResponderExcluir
  3. Acho que a única coisa que melhorou foi a defesa (1 gol em 2 jogos), o que já é um avanço em relação à postura do time com o Turra. Fabinho e Ayub muito bem, o Pereira deu muito mais consistência ao setor (salvou um gol em cima da linha ontem). Mas a zaga é fraca, se apertar dá samba. Acho o João Vitor o menos ruim dos zagueiros que temos.

    Sem o Aloisio, nos 2 últimos jogos, o Brusque não conseguiu marcar. Nesse ponto o Teti faz falta: estava sempre no lugar certo e fazia parte dos gols que o ataque do BFC não faz.

    Vejo muita dificuldade esse time marcar gols com o Leandrinho e Kito. Achei o Leandrinho muito mal ontem, e tem diretor que acha que ele vai ser um dos artilheiros do time e do estadual. Pode tirar o cavalo da chuva.

    Não conseguir ganhar dentro de casa do Joinville é um péssimo sinal. O JEC é horroroso, só tem 2 jogadores: Ramon e Fernandinho. A defessa é ruim, o meio de campo fraco, os laterais são ruins, o Lima é uma mala gorda sem alça.

    Tomara que esteja errado, mas o Brusque deve perder para o Avaí e Criciuma fora, e pelo que vi ontem não acredito que o ataque possa fazer gols para ganhar do Figueirense dentro de casa. Tudo indica que vamos sair no máximo com 2 pontos nesses 4 primeiros jogos, e mandar pro espaço qualquer chance de classificação.

    Eu realmente fiquei muito triste com o que vi do Brusque no jogo de ontem. Dá para sentir claramente um time sem poder ofensivo. Que saudade do Giovane.

    ResponderExcluir
  4. resultado ruim p JEC, se quiser ser campeão do returno nao pode perder ponto contra times pequenos!

    ResponderExcluir
  5. Jogando mal e com um time todo que praticamente não havia jogado junto ainda o JEC empata fora de casa. Imagina entrosado e jogado bem? Mesmo assim concordo com o Felipe, contra os Brusques da vida o JEC tem obrigação de ganhar.

    ResponderExcluir
  6. tenho pena de quem pensa que o time da cidade das bailarinas saltitantes é time grande. futebol não combina com joinville. esse povinho gosta é de dança.

    akakakakakakakakaka

    ResponderExcluir
  7. um timeco que consegue perder de 4 x 0 do metroxa dentro de casa quer ser chamado de time grande...é pra acaba. chega a dar pena.

    ResponderExcluir
  8. Bi na Arena, nosso salão de festa
    Esqueceram?????????

    ResponderExcluir
  9. Bi da copinha? Sejam bi consecutivos do Catarinense pra conversarem alguma coisa.

    ResponderExcluir
  10. Eita que a galera de Joinville fala como se fosse um time de série A, só subiram ano passado no tapetão, e como o pessoal aqui ja falou, o retrospecto deles contra o Brusque, principalmente em jogos decisivos, não tem sido muito favorável, acho que a obrigação de ganhar era realmente do Brusque.
    Alexandre: concordo com boa parte do teu comentário, mas na minha opinião, saudade do Giovani é pra cabá, o cara nunca se firmou nem no Brusque e muito menos em qualquer outro clube que passou, jogou uma ótima copa santa catarina em 2009 e só. E ainda deixou o Brusque na mão várias vezes acertando com rivais por migalhas a mais. Abraço.

    ResponderExcluir
  11. aonde esta aquele jogador q o Brusque contratou do américa de natal ?

    ResponderExcluir
  12. aonde esta d douglas volante q vei do américa de natal para o brusque????
    pq ele não está jogando?

    ResponderExcluir
  13. Vc tem razão Luis, mas mesmo assim gostaria de ter o Giovane como opção nesse time. Pior é que tem jogador pra contratar. Centroavante tipo Mauricio Fofão ou Felipe Oliveira tá bom, e não é tão difícil assim.

    Nosso meio de campo é bom (mais ainda com o Lenilson), falta um centroavante. O Chulapa vai ser assim: joga uma partida e fica duas ou três fora. Teria que chegar um atacante agora pra jogar contra o Figueirense.

    Ainda acredito na classificação entre os 2 primeiros pra poder jogar as semifinais em casa. Para isso, tem que ganhar do Figueirense e fazer pelo menos 1 ponto fora nos jogos contra o Avaí e Criciuma (difícil mas não impossível) para não se distanciar muito da parte de cima da tabela. O Avaí tá mordido com a derrota em Chapecó e vai ser páreo muito duro.

    A Série D temos que levar a sério. Pelo que sei, já está fechado com o Pantico, e de repente pode até pintar o Rafael Xavier. Série C garante calendário para todo o ano que vem.

    Direção, por favor: CONTRATAÇÕES URGENTE! Vamos tentar salvar esse segundo turno!!

    ResponderExcluir
  14. Eh pessoal pra quem foi Bi na Arena (nosso salao de festa) em cima do Jequinho, não pode empatar em casa com essas bailarinas, pessimo resultado.

    ResponderExcluir