domingo, 17 de abril de 2011

Chapecoense, o melhor time, acaba com a invencibilidade do Brusque

A Chapecoense precisava de todo o jeito vencer o Brusque para conquistar a primeira colocação geral e do returno do Estadual. E conseguiu, mostrando ser um time de qualidade e, principalmente, contando com um goleiro em excelente fase.

O Verdão mereceu vencer porque tem mais volume de jogo. Por mais que Mauro Ovelha tenha exagerado na precaução em sua escalação inicial, montando o time num 3-6-1 que não lhe deu todo o poderio necessário para vencer o jogo até por um placar maior. Perdeu um pênalti no primeiro tempo, onde Neném foi sem confiança para a bola, em uma defesa de João Ricardo.

No segundo tempo, Ovelha colocou Jean Carlos, mais um homem de ataque, para tentar a vitória. Não foi uma partida em que tenha havido um abafa por parte de algum time. Houve sim, uma Chapecoense que criou, e encontrou o gol numa felicidade do treinador, que colocou Everton Cézar, que logo depois passaria para De Lazzari fazer o único gol do jogo. O Brusque? Só deu seu primeiro chute com perigo de gol no início do segundo tempo.

Atrás no placar, apareceu a estrela do excelente goleiro Rodolpho. O que ele não tem de altura, tem de agilidade. Pegou tudo, operando três milagres em um mesmo lance, no final do jogo. Terminada a partida, o Verdão do Oeste garantiu sua primeira colocação, e o Brusque acabou eliminado. O fim do sonho de um time que prometia muito, mas não funcionou com o esperado, ludibriou a esperança do torcedor e deixa claro que mudanças deverão acontecer pro Brasileiro da Série D.

O Brusque não foi eliminado hoje. Caiu fora quando entrou em campo contra o Metropolitano para não perder. A chance era lá, e o treinador não quis agarrá-la. Aliás, falando em Nestor Simionato, ele termina o returno com um aproveitamento pior que seu antecessor, Paulo Turra (12 pontos contra 11, em nove partidas). Acredito que ele não permaneça, dando passagem para uma reestruturação que pode começar na Copa SC, um laboratório para a Série D. Tem jogador já dizendo que está indo embora, e isso saberemos semana que vem.

A Chapecoense entra nas semifinais do returno como favorito. Tem todas as vantagens possíveis e nem precisa vencer pra ser campeão estadual. Com quatro empates, o tetracampeonato está garantido. E jogando na Arena Condá, os adversários terão muitas dificuldades. Mauro Ovelha tem a melhor chance para se livrar da pecha de eterno vice. Será que dessa vez ele aproveita?

9 comentários:

  1. Ouvi e gostei do comentário do Xiru no terceiro tempo. Me preocupa também as palavras do André (sic): "Precisamos contratar 5 ou 6 jogadores...".

    Sem pensar muito, pra mim os que deveriam continuar:

    João Ricardo (do BFC)
    João Neto (do BFC)
    Tyron (do BFC) precisa 5 zagueiros
    Thiago
    João Vitor
    Tom (do BFC)
    Leandro Leite
    Fabinho
    Guto (do BFC)
    Pereira
    Marcelinho
    William
    Leandrinho

    Um plantel não precisa ter 22 titulares. Os 5 jogadores do BFC e mais o Daniel não precisam necessariamente serem titulares, mas podem compor plantel. É o caso também do Paulinho.

    Quem desses 13 pode ser titular?

    João Ricardo
    Pereira
    Fabinho
    Leandro Leite
    Marcelinho
    Leandrinho

    Treze para 25 faltam 12. Desses 12, 5 ou 6 tem que vir para ser titular. Os outros para compor plantel, disputar posição. Tavez ten ha sidoisso que o André quis dizer. Hoje só temos volantes. O time precisa de zaga, laterais, e principalmente meio de campo (craição) e ataque.

    Desses que vem para disputar posição, alguns poderiam ser do Marcilio, Metro, Concórdia,e até do Imbituba. Quem são os melhores jogadores desses times? Selmir, por exemplo, Rafinha do Metro, Marcio Kessler do Marcilio, dentre outros.

    Técnico? Joceli, Amauri Knevitz, Tonho Gil e até Gelson Silva são opções.

    Atacantes: Rafael Xavier, Pantico e pelo menos mais dois.

    ResponderExcluir
  2. MEU VERDÃO FAZ COISAS HEIM?COMO É BOM SER TORCEDOR DA CHAPE!!!VAMO Q VAMO!!!SAUDAÇÕES VERDE E BRANCA!!!

    ResponderExcluir
  3. O moto sul, vcs eram pra estar disputando a segunda divisão esse ano, entraram pelaa porta dos fundos, portanto tomara q vcs se ferrem nesses jogos finais, sou jec desde criança contra a chape, abraços!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. gelson silva pra tecnico do bfc? agora a igreja esta completa.. ah.. quer dizer falta vir o adams e e o teco tb.

    gelson não.

    vamos ser realista. nao da pra demitir mto gente ( que era o certo), pq tem que pagar a rescisão. entao vamos mandar embora quem nao quer nada com nada e nao ajuda tb. le-se. joao neto, rogerio souza, cris, vinicius, pedro ayub, lenilson, willian, tom, paulinho.
    dai contrata:
    2 laterais, um zagueiro, dois meias, e dois centroavantes.

    ResponderExcluir
  5. Beto volta pro teu MUSEU,de boca fechada tu és um poeta!!!Amanheceu com dor de cotuvelo meu queiriduu!!!SAUDAÇÕES VERDE E BRANCA!!!MAGUADO!

    ResponderExcluir
  6. motosul, se tu fosse homem de verdade tu colocava o teu nome, mas vamos ao q interessa, apenas falei a verdade, ano passado vcs foram rebaixados, ou eu estou enganado? vcs nao entraram pela porta dos fundos, pense e analisa a sua cuca, vc esta bem atraso meu amigo!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Nome que eu traria pra comandar o Brusque na Copa SC e Série D? Amauri Knevitz. Acho que ele não fica no Concórdia. Gostei do seu trabalho. 22 minutes ago
    ___________________

    Concordo com o twitter do Rodrigo. O Amauri já rescindiu com o Concórdia. Tem uma matéria sobre isso no Futebolsc.com. Lá assumiu o auxiliar técnico.

    Também acho ruim misturar essa coisa de igreja com futebol.

    ResponderExcluir
  8. Como ano passado, novamente perdemos pro provavel Campeão.

    Agora é torcer para a chap

    ResponderExcluir