terça-feira, 17 de maio de 2011

12 clubes em 2012: a possibilidade existe...

... mas não vai ser assim fácil, tampouco do jeito que o Concórdia quer.

Aproveitei a ida à festa do Top da Bola para buscar mais informações sobre notícia publicada no site da Rádio Rural de Concórdia, de que a adição de mais dois clubes ao Campeonato Catarinense teria sido aceita pela Associação e FCF.

Vamos aos fatos. Primeiro é bom dizer que o presidente do Concórdia, Emerson Lorenzetti, não vem medindo esforços para manter sua equipe na primeira divisão. Vem conversando com dirigentes de clubes, com a Federação, e até com representantes políticos da região oeste. E acredito que só pelo fato de ele ter conseguido levantar o assunto na reunião de clubes já é um grande feito.

Pois na reunião que aconteceu na tarde desta segunda, o CAC fez uma grande explanação, e o pedido foi realmente aceito pelos clubes, que aceitaram um Campeonato Catarinense com doze times a partir do ano que vem. Só que aí entrou a FCF no circuito: presente à reunião, o diretor jurídico Rodrigo Capella foi enfático em não aceitar a adoção de 12 clubes sem o rebaixamento de Imbituba e Concórdia. Segundo ele, a Federação precisa respeitar o estatuto do torcedor e obedecer critérios técnicos, ou seja: ou sobem mais dois times da Divisão Especial, ou não sobe ninguém. Manter os dois times rebaixados, nem pensar.

Emerson Lorenzetti declarou que os departamentos jurídicos de Concórdia e Imbituba estão buscando, juridicamente, algum entendimento que torne legal a intenção das equipes em permanecer na elite. Olhando sob o rigor da lei, o entendimento do departamento jurídico da FCF é o correto, já que o estatuto prega de forma clara que acesso e descenso devem obedecer critérios técnicos. Mas quando falamos em justiça, surpresas podem acontecer.

Mas a resposta positiva dos clubes dá o sinal de que poderemos sim ter um campeonato com doze equipes no próximo ano. Apesar de complicada na sua concepção, há sim uma possibilidade real de vir a acontecer. Aguardemos os próximos capítulos.

19 comentários:

  1. Concordo com a possibilidade de 12 clubes. Basta subir quatro da Segundona!

    ResponderExcluir
  2. se acontecer sera vergonhoso rodrigo...pela primeira vez a fcf esta conciente que esse fato nao pode acontecer...sempre fui a favor de 12 clubes na 1 divisao do nosso estado...assim como acho que a 3 divisao tem que acabar e haver apenas 1 e 2 divisao no nosso futebol...mais esse tipo de coisa no nosso futebol nao cabe mais.o unico jeito pra termos 12 clubes na 1 divisao é subindo 4 da segundona,seria mais coerente e acertado...ou entao que fique apenas pra 2013.lembrando que a 2 divisao ainda nao tem seu regulamento homologado pela federacao,portanto é possivel se os clubes quizerem,que suba 4 esse ano.

    ResponderExcluir
  3. Para 2013, acho melhor, mas ano que vem não seria viável, pois haveria nova virada de mesa.

    O ideal é um rebaixado no próximo ano, subindo três equipes da 2ª divisão.

    Prefiro uma dispuda com 12 equipes.

    ResponderExcluir
  4. Se isso ocorrer mesmo seria algo digno de uma várzea mesmo. 10 clubes é o número ideal de clubes.

    E outra com 12 clubes como faria o campeonato, iguais aos de 2007 e 2008? Porque não tem data suficiente para se fazer na mesma fórmula desse ano por exemplo.

    ResponderExcluir
  5. até pode ser. mas a qualidade tecnica do campeonato cairia e a emoção também. hoje ou voce esta brigando pra nao cair ou pra se classificar. por mim faria a 1 e 2 divisao com 10 clubes´permitindo que quem caisse em um ano pudesse subir no mesmo ano. como foi aquela vez com o JEC e com o Brusque.

    ResponderExcluir
  6. Depois de ter um "campeão" que deveria estar esperando a disputa da segundona desse ano, o que esperar da FCF?

    Eu não reconheço esse título de um dos rebaixados no campeonato passado.

    ResponderExcluir
  7. Concordo, acho legal um campeonato com 12 clubes. Mas que subam 4 da segundona, por favor. Concórdia e Imbituba não tiveram competência para se manter na elite, agora tem que pagar o preço pela incompetência. Sem falar no fato de que Concórdia e Imbituba não respiram futebol, clubes sem torcida não precisam existir. Tubarão, Caxias, Hercílio Luz, Ibirama, prefiro ver esses times subindo do que Concórdia e Imbituba se mantendo.

    ResponderExcluir
  8. eu me proponho como torcedor a entrar na justiça para que seja feito valer o estatuto do torcedor, moro em itajai, sou advogado, e farei isso sem problemas.

    ResponderExcluir
  9. Bom na minha opinião, a permanência de Imbituba e Concórdia na elite do Futebol de Santa Catarina pode acontecer sim. Já que a chapecoense não caiu quando foi rebaixada porque Imbituba e cordórdia também nao podem ficar na ELITE?

    ResponderExcluir
  10. Concordo com 12 clubes, desde que o regulamento de 2011 seja respeitado, rebaixando os dois últimos. Pra termos 12 clubes, então além dos finalistas da Segundona, mais dois teriam de subir. Ou que subam o 3º e 4º da segundona, ou que faça-se uma disputa entre eles e os dois rebaixados de 2011, uma repescagem como existe em alguns países da Europa, por exemplo. Mas, sempre fui a favor de 12 clubes. Nunca concordei com a diminuição de 12 pra 10 de 2008 pra 2009.

    ResponderExcluir
  11. E há sim datas suficientes para se fazer campeonato com 12 clubes. Em 2007 foi o exemplo. Descarta-se essa porcaria de semifinal e final de turno. Faça-se dois turnos puros, com o campeão de cada turno sendo o de melhor campanha, como foi em 2007: 11 rodadas, Criciúma campeão do turno. 11 rodadas, Chapecoense campeã do returno. Final: Criciúma x Chapecoense. Falta de datas É DESCULPA ESFARRAPADA.

    ResponderExcluir
  12. Tentar manter Imbituba e Concórdia seria absurdo e seria uma decadência ao futebol catarinense que se diz estar tudo bem sendo que a notícia mostra-se que tem nada bem.
    Tem que subir mais da segunda divisão e pronto!Até ficará mais emocionante porque dos clubes que fazem parte da segunda catarinense todos tem chance de subir em condições iguais devido a 4 vagas abertas!
    abraço
    Igor
    meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com/ e @blogdoigor05

    ResponderExcluir
  13. Concordo como Alison Muller. Nunca deveriam ter baixado para 10 clubes o campeonato. Nosso Estado nunca esteve tão representativo no cenário nacional, deveríamos ter 12 clubes na elite. MAS QUE SUBAM 4 DA SEGUNDONA. E outra: desculpa de data não cola. São Paulo com 20 consegue, Rio com 16 consegue, R. Grande com 16consegue, até Mato Grosso tem 16 na elite, e tem um monte de estado com 12 clubes. Tem data suficiente pra 12 clubes, sim.

    ResponderExcluir
  14. A Federação é hipócrita e nojenta, agora quer dizer que Imbituba e Concórdia tem que jogar a segundona por que foram rebaixados, afirmando que tem que subir o terceiro e e o quarto, mas ai pergunto, por que a Chapeconence não foi rebaixada e troxeram o terceiro colocado? É a mesma coisa. Eu gosto muito da Chapeconense, e torci por ela na final, mas a verdade é que se fosse o Brusque no lugar do Concordia e Imbutuba era a mesma coisa, se fosse o Joinville faziam como fizeram com a Chapecoense.

    ResponderExcluir
  15. Sim sim tem datas suficientes. O que eu citei é que se tiver 12 clubes teriam que fazer igual ao de 2007/2008, o que daria um campeonato com 24 datas, sem muito formulismo. Mas temos uma federação que gosta de inventar, cheio de fórmulas e tals. Quero ver ela inventar umas dessas que tenham umas 30 datas e a RGS ter que rebolar para colocar todos os jogos na grade e os clubes reclamando de cansaço no fim do campeonato.

    ResponderExcluir
  16. Estranho os clubes terem aceitado isso, principalmente os 3 grandes que já tem calendário nacional (Avai, Criciúma e Figueirense). Depois não adianta reclamar do excesso de jogos. Para o nível do campenoato Catarinense 10 clubes é o ideal e para quase todos so estaduais do Brasil também, fora SP.

    ResponderExcluir
  17. Na minha opinião em 2012 campeonbato com 10 e pontos corridos, turno e returno. Em 2013 campeonato com 12 clubes em turno e returno, como é o campeonato brasileiro, já datas tem o sufieciente serão em 2012 18 rodadas.

    ResponderExcluir
  18. Acredito que SC pode e deve ter 12 times, um campeonato com somente 10 times só é bom para os 3 grandes, mas joinville e chapecoense que investem alto, os demais, torcem para não cair, pois muitos sabem que se cair podem não ter mais futebo, na cidade, exemplo disso é juventus, cidade azul, guarani de palhoça, caxias, fraiburgo entre outros. Será isso que nos queremos? Times deixando de existir pois o campeonato não e atraente e so da dívidas? A questão é saber se vão deixar o concordia e o imbituba ou vão trazer os da segundona?

    ResponderExcluir
  19. em Minas Gerais também temos 12 clubes. Mas lá eles fazem um torneio BEEEM enxuto. Começa só em fevereiro, com férias ou período de pré-temporada em Janeiro, e tem só 11 rodadas: turno único. Classificam os 4 melhores pra semifinal e final.
    Quem não se classificar, faz só 11 jogos, e quem se classificar, faz no máximo 15 pra ser campeão.

    ResponderExcluir