domingo, 29 de maio de 2011

Derrota no detalhe

A bola puniu o Figueirense de uma das formas mais doloridas. Nos segundo finais, com um chute de curva de Lucas, que matou Wilson. Um jogo que caminhava para um zero a zero valorizado, suado, um ponto fora de casa que deveria ser valorizado. Mas aquele detalhezinho, do "jogo que só acaba quando termina", que eu vi naquele Brusque x Figueira pelo Catarinense, prevaleceu.

Perder no Morumbi não é nada anormal. O time alvinegro mostrou luta, encarou o São Paulo de igual pra igual e, por pouco, não levou um pontinho pra casa. Destaque para a boa atuação de Maicon, principalmente no segundo tempo, jogando do jeito que se espera dele, tomara que ele passe a ter regularidade nas suas atuações. Aloísio teve uma estreia apagada, e acabou sendo substituído por Rhayner, que aproveitou melhor a sua chance. Não duvido que venha assumir a titularidade. Nem tudo foram flores, já que a defesa sofreu pra segurar o rápido ataque tricolor, tomando duas bolas na trave.

Segue o bonde, uma vez que o time já havia garantido o resultado em casa na estreia, e se sabia das dificuldades de jogar no Morumbi. Obrigação será a vitória contra o Atlético-GO na semana que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário