terça-feira, 31 de maio de 2011

Vitória, atitude e Aloísio em forma

Aloisio Chulapa jogou hoje do jeito que a gente queria vê-lo em campo no Estadual. Mas não tem problema, tomara que ele mantenha o bom futebol até a Série D.

A verdade é que o Brusque sapecou 3 a 0 no Marcílio Dias mostrando uma nova evolução, mostra um caminho interessante que o time poderá seguir no seu ataque e indica uma chance bastante real de conquista do quarto título da Copinha.

No primeiro tempo, o Marcílio partiu para um abafa, e levou perigo ao gol de João Ricardo. As jogadas partiam, na sua maioria, dos pés do ex-Avaí Ildemar. Assustado, o Bruscão demorou a entrar na partida. Itamar tinha feito uma improvisação que não estava funcionando, colocando o zagueiro João Vítor completamente perdido na ala esquerda.

No intervalo, o ala de ofício Tom entrou na partida, e o jogo encaixou. Tendo opções pelo outro lado, o Brusque começou a variar as jogadas. Leandrinho atuou na sua boa média, o novato Lê mostrou que pode ter lugar no time, e Aloísio fez um partidaço, com dois gols (o primeiro dele, um drible desconcertante no goleiro), mostrando como é diferenciado. No Catarinense, com problemas de lesão, não mostrou tudo o que pode. Na Copinha o cenário é diferente.

Claro, a liderança na Copa SC não pode ser olhada como uma excelente avaliação visando a Série D. O time precisa aumentar o elenco, uma vez que apenas 5 jogadores estiveram no banco hoje. Faltam posições para que o Bruscão não tenha só um time, mas sim um plantel com qualidade. O caminho é longo a ser trilhado, mas com o ambiente bom, o trabalho flui melhor.

Agora é buscar a vitória em Concórdia para praticamente selar o título do turno. Mas o time do Oeste é chato, empatou com o JEC na Arena e perdeu para o Metropolitano com um pênalti fora da área. Que não esperem moleza.

Um comentário:

  1. Apesar de ser bom técnico, as improvisações sem necessidade que o Itamar utiliza assustam. O tikme no primeiro tempo não jogou nada por causa de uma improvisação idiota e de um esquema tático totalmente errado.

    Continua insistindo em escalar 3 zagueiros, com a desculpa de que um deles joga como lateral fazendo uma linha de 4. IGUALZINHO O SUCA, que colocava o Luiz Henrique como lateral esquerdo e deixava o time totalmente vulnerável, quando tinha dois laterais de oficio no plantel.

    Tem técnico que é viciado nesse horroroso esquema 3-5-2. Pior é que não entendem quando dá para aplicar essa merda de esquema. O TIME PRECISA TER 3 ÓTIMOS ZAGUEIRO, UM DOS QUAIS LIBERO E DOIS ÓTIMOS ALAS. Fora disso é um desastre. Eu não entendo como custam tanto a entender uma coisa tão simples.

    Numa dessas pode ser fatal. Coloca um esquema desse no primeiro tempo contra o Juventudo, Cruzeiro, toma dois gols e quando quer fazer o certo no segundo tempo é tarde. CHEGA DE IMPROVISAÇÕES. JÁ DEU, NÃO É????

    Aos jogadores, parabéns pelo segundo tempo.

    ResponderExcluir