quinta-feira, 16 de junho de 2011

O que fazer com Lenny?

Ele só jogou 10 minutos em 2011, na partida de estreia do Figueirense no Brasileiro, contra o Cruzeiro. E foi só. Nenhum jogo no Estadual, e mais nada na Série A. Lenny é um tremendo abacaxi que o alvinegro tem nas mãos. E o que fazer com ele é o grande desafio da diretoria.

A última lesão, um estiramento na coxa, vai deixá-lo mais três semanas longe dos treinamentos.

Para quem veio como uma grande contratação, promessa de muitos gols, a decepção é grande. E ainda deve se somar a isso suas declarações, onde disparou contra a imprensa da capital e declarou que não há nada pra se fazer em Florianópolis.

Não sei qual o seu salário, que não deve ser pequeno. Com o investimento feito em um jogador que foi bem no Fluminense, razoável no Palmeiras e que veio para Floripa com atrofia muscular, daria para trazer outro, ou até mais de um jogador que possa agregar ao elenco.

E quanto mais tempo Lenny fica sem jogar, mais ele fica fora dos planos de Jorginho, que, como todo técnico, busca montar uma estrutura da equipe visando o resto do Campeonato Brasileiro. Vai apostar em um jogador que sofre tanto com lesões? Ninguém apostaria.

Não vejo clima para a sua permanência no Figueirense, o clube poderia buscar um acordo para liberá-lo, mas provavelmente as questões contratuais mandam nessas situações e ordenem a diretoria a lidar com a situação. Resta o clube ter paciência para recuperá-lo e, qualquer dia desses, poder contar com o seu futebol. Outro dia eu disse no Clube da Bola: se ele fosse aquele craque que resolvesse jogos, até poderia valer a pena esperar tanto. Mas para um jogador que há tempos não mostra qualidade e que tem um grande histórico de lesões, vale a pena segurá-lo?

Um comentário:

  1. O Figueirense paga menos de 30% do seu salário e essa quantia não passa de 15 mil reais. O Figueirense teve uma boa oportunidade de trazê-lo para uma recuperação e contar com o futebol dele durante uma temporada, depois disso ele voltaria para o Palmeiras em boas condições de jogo. Só que não deu certo, mas o Figueirense não investiu muito nele, pagou nele o mesmo que paga poe exemplo ao Juninho Frizzi.

    ResponderExcluir