domingo, 5 de junho de 2011

Peixe afunda uma nau à deriva

Estava eu revendo alguns comentários antigos do Blog, e achei um em especial, do final do ano passado, quando via em campo um Avaí derrubado em campo, sem gana, entregue aos maus resultados e ao iminente rebaixamento. Houve tempo para reação, que acabou acontecendo.

Aquela situação aconteceu na reta final do Brasileiro. Estamos na terceira rodada. Ainda bem.

Desde aquela eliminação da Copa do Brasil, o time de Silas é um barco a deriva, sendo envolvido pelos adversários sem esboçar reação em momento algum. Hoje foi uma repetição para as derrotas para Flamengo e Atlético-MG, incluindo aí as falhas de bola aérea que voltaram a acontecer. São dez gols tomados, de uma linha de três zagueiros que não se acerta, nem com rodadas a cada final de semana.

No jogo de hoje, o Santos não teve dificuldades em construir o 3 a 1. Fez o primeiro no começo da partida e em nenhum momento foi pressionado. Voltando ao que escrevi semana passada: o Santos era favorito ao jogo, mas que o Avaí perdesse mostrando gana de vencer, para vender caro a derrota. Não fez, de novo.

Silas está com uma polpuda proposta do futebol do Qatar, que poderá tirá-lo do Avaí. É fato que o técnico está inventando soluções malucas, não conseguiu trazer ao time atual o mesmo envolvimento e foco daquele ano do acesso. A situação merece um fato novo, uma chacoalhada com urgência, mesmo que o Campeonato esteja apenas em seu início. Uma provável saída de Silas pode facilitar isso, mas aí vamos falar da responsabilidade da diretoria em trazer um nome que venha a "arrumar a casa".

Vários reforços ainda vão estrear, numa completa remontagem de time que será feita com o Campeonato em andamento. Mas não pode demorar muito, pois os outros estão pontuando e o cavalinho do Avaí lá do Fantástico ainda não saiu do lugar. Nem preciso dizer da importância do jogo contra o América Mineiro no próximo final de semana...

2 comentários:

  1. Não gosto do Miguel Livramento,mas ele dizia uma coisa que desde o Catarinense o Avaí adorava é tomar gol em jogada aérea.Jogadores como Loco Abreu,Fernandão iriam deitar e rolar em cima da defesa do Avaí desse jeito.
    Uma coisa que você twittou ontem e até dei RT foi que o Avaí precisa de algo novo,o time tá derrubado demais e isso vc tá certinho
    Abraço Rodrigo
    Igor
    meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter o blog pra quem quiser seguir é @blogdoigor05

    ResponderExcluir
  2. o jec parece que não aprende neh!
    primeio roubaram o agenor pichini do bfc, depois o rafael bittencout, depois pantico e agora querem o itamar.
    a macumba aqui é grande... se leva vai ser rebaixado pra d.
    é a maldição de jogadores e treinadores roubados do bfc. tem ainda o teco, adams, valdo.

    ResponderExcluir