domingo, 24 de julho de 2011

Brusque empata com a sua meta

O título do post pareceu estranho?

Explico: se o Brusque quiser se classificar para a segunda fase da Série D, vai precisar mostrar a disposição tática e a organização do seu adversário de domingo. Sim, o Cianorte é um bom time, compacto na defesa, rápido nas alas, com um contra-ataque muito forte e que partiu pra cima jogando fora de casa. Bem como gostaríamos de ver no Brusque. Mas pelo jeito, tá complicado de chegar a esse nível, que colocaria o time em situação real de buscar uma vaga na segunda fase.

Marcelo Caranhato estreou com algumas decisões discutíveis: sacou Marcelinho do time titular para colocar William, que não fez nenhum jogo bom nesse ano, e Maicon, com seus tradicionais 15 minutos de bom futebol que se transformam em sono logo depois. Se a meia-cancha brusquense já não funcionava bem, sem Marcelinho tornou-se algo impraticável. William fez um gol de falta, cobrando mal e aproveitando que a barreira abriu. Só em bola parada pra sair um gol, porque com bola rolando estava bem difícil. No segundo tempo, Marcelo mostrou que não gosta mesmo do único meia que mostrava lucidez em campo nos últimos jogos: colocou Pantico (que tomou mais um cartão amarelo bobo) no lugar de Maicon e recuou Leandrinho para a armação. Não preciso dizer que não funcionou também.

Já no começo da partida, o Cianorte mostrou suas armas: até começou mais cuidadoso, mas quando tomou o gol e viu a bagunça da marcação brusquense, foi pra cima com contra-ataques muito rápidos, puxados pelo bom camisa 10, chamado Felipe Pinto, guarnecido por dois laterais velozes e um bom homem de referência na frente. O gol do Cianorte foi um primor de trabalho em conjunto. Em uma cobrança de falta de Pantico (ele é o cobrador de faltas do time?), o goleiro Marcelo encaixou a bola e saiu jogando na esquerda. Luiz André errou feio a cabeçada e em dois toques, Netinho colocou na rede. Simples assim.

Não vi o Cruzeiro e o Metropolitano jogarem ainda, mas esse time do Cianorte me chamou muito a atenção e aparece como um favorito a uma das vagas junto com o Juventude. Se o Brusque quer chegar a um bom nível, precisa jogar tão bem quanto eles. Mas ainda falta um longuíssimo caminho até isso. Não entendi as mudanças de Caranhato (que disse que Pantico e Lê jogaram bem, loucura), mas se ele acha que é o caminho certo para o time, vamos aguardar. Certo é que o jogo em Blumenau no domingo será uma decisão. Perder lá, nem pensar.

11 comentários:

  1. não achei o cianorte grande coisa não. individualmente os jogadores são bem limitados. a diferença esta no banco. o treinador deles tem o time na mão, com varias opções taticas. time bem posicionado, sabe sair no contraataque,etc.
    nao da pra criticar o marcelo hj, o time ainda colhe os "frutos" do helio vieira. de positivo o pereira e o alexandre que mostraram que sao melhores que seus antecessores. apesar das reclamações até vi uma melhora com relação ao pantico. acho que com wender, tiago cristian, na lateral, e marcelinho, o time poderia melhorar.

    ResponderExcluir
  2. Dificil de entender como o melhor jogador do Brusque não é escalado e é banco do pior jogador em campo, eleito por unanimidade pela torcida e pela Radio Cidade.

    Dificil entender como alguém pode dizer que o Brusque jogou bem e foi superior em campo a partir dos 15 minutos do primeiro tempo. Caranhato, nós torcedores somos idiotas.

    Dificil entender como alguém pode dizer que o Le e o Pantico entraram muito bem no jogo.

    Dificil entender como pode colocar 3 atacantes num time que não tem ninguém criando no meio de campo. Quem vai alimentar os atacantes?

    Dificil entender como alguém pode achar que o Leandrinho serve para fazer o trabalho de criação no meio de campo.

    Turra, Simionato, Hélio Vieira, Caranhato...é de chorar.

    ResponderExcluir
  3. marcelo disse que o time e bom e vai crescer muito durante a competiçao,ele ainda nao acordou se o brusque perde domingo fica com 1 ponto e faltam 5 jogos,teria que ganhar 4 partidas e empatar 1 ,dai chegava a 14 pontos pode ser que com 14 pontos classifica, e incrivel como o brusque contratou mal depois que acabou o catarinrnse, vivicius , maicom,cicero entre outros,falaram que ia ter jogador sobrando no mercado,mais optaram pelo seu estilo de contrataçoes jogadores baratos que ninquem quer tipo maicom e vinicius,e como ficaram com o time titular quase todo do catarinense todo mundo via que o time era fraco,mais uma serie D que o brusque em 2 rodadas ta quase fora.

    ResponderExcluir
  4. o jec conseguiu o acesso com um bom advogado já o brusque vai precisar do tribunal inteiro.

    ResponderExcluir
  5. o negocio de vc contratar bom e barato é que pra cada 10 se aproveita uns 2 ou 3. a cada dia do mais razão ao itamar pro que ele falou naquele dia depois do jogo contra o metro.
    o BFC contrata mto jogador mais ou menos.
    na zaga: tinhamos o vinicius (zagueiro), tiago, joao vitor e tairon. ai vem mais 3 mais ou menos tb.
    meio: fabinho, leandro leite, marcelinho e willian dai vem luiz andre, cicero, wellinton, maicon e tiago.
    ataque: aluisio, leandrinho e o kito, vem pantico e le.

    dos 10 que contrataram so se aproveita o alexandre e o wellinton que se machuco.

    sem falar nos dois meses de copa sc que foram desperdiçados. ai o dinheiro com aluguel, registro de jogador, passagem, hotel, alimentação vai embora.
    ao inves de trazer um jogador de 15 mil, trazem 2 de 5 mil pagam mais um aluguel, alimentação, etc que não resolve.

    ResponderExcluir
  6. Desisto de comentar e gastar paciencia com esses treinadores

    ResponderExcluir
  7. Achei o jogo bem ruim, não fosse o gol de falta (eu estava atrás do gol e a bola ainda desviou em alguém), não teríamos feito gol algum. O goleiro deles mal precisou tocar na bola, salvo duas faltas no segundo tempo, saiu do campo com o uniforme limpinho. Não tínhamos ninguém no meio campo, nenhuma ligação com o ataque, e o Marcelo ainda monta um time no segundo tempo com pantico, chulapa, leandrinho e lê? Quantro atacantes de ofício sem nenhum meia? É pedir para tomar gol, que veio e que poderia ter sido uns 1x2 tranqüilo, pois o cianorte jogou mais que o Brusque. Não vejo como esse time ai pode melhorar, falta comprometimento, falta vontade, falta muita coisa.

    ResponderExcluir
  8. Nós ficamos em 5° ( QUINTO ) na série D, pelo andar da carroagem vocês não vão ficar entre os 10. o América escalou um jogador irregular, perdeu 6 pontos na classificação geral automaticamente caindo para 5° e nós indo para 4.

    Mario, se não sabe da história NÃO FALA BESTEIRA, SUBIMOS DENTRO DA REGRA.

    ResponderExcluir
  9. eduardo acho que voce não entendeu a ironia do comentario.se voce quer saber eu não sou torcedor do bruque apesar de concordar que o brusque tem um bom time só não encontrou um esquema tático ideal.

    ResponderExcluir
  10. Sim, o brusque tem um bom time sim. Tirando jogadores como o willian canela de vidro, vínius ( mais conhecido aqui em Joinville como vicinius pagodinho ). Mesmo não acompanhando o brusque, creio que o problema de esquema tático seria fácilmente solucionado trazendo um tecnico experiente e que conheça o futebol de SC/SUl. Nomes como o uruguaio série ramirez, Joceli do Santos ( o mesmo deu um NÓ LINDO ano passado no Edinho Nazareth na final da copinha ) ou até mesmo Agenor Piccini. E nos reforços acho que jogadores como Aloisio e Viola não irão ajudar o time do brusque, deviam investir bastante no mercado do interior do Rio Grande do Sul ou Interior do paraná igual a chapecoense faz, a turma do oestre sempre monta bons times fazendo isso. Eu queria que o brusque subisse tanto por ser a cidade de origem do meu avô e também por sempre fazer boas campanhas em copinha/catarinense.

    Sds Jequeanas

    ResponderExcluir
  11. Até parece que a culpa é dos treinadores. O time é ruim pacas um monte de jogadores velhos. E ai vocês e principalmente o Rogrigo sempre jogam a culpa nos treinadores. Palhaçada.

    ResponderExcluir