domingo, 21 de agosto de 2011

Chega logo, Goiano...

Pouco público, pouco futebol e muita expectativa.

Num jogo em que não se poderia esperar muito de um time de sempre, treinado pelo eterno técnico interino Edson Neguinho (e vai continuar sendo um mero interino), o Avaí perde mais dois pontos dentro de casa. Um zero a zero ruim para o Coritiba, que vê os outros times levarem vitórias da Ressacada, coisa que o Coxa não conseguiu.

É o tipo do jogo que não dá pra reclamar muito. O time continuou o mesmo, e Márcio Goiano está chegando aí, como a última tentativa de reação do Leão, pra ver se consegue se manter na Série A. O mesmo amontoado de jogadores tentou alguma coisa lá na frente, naquele bumba-meu-boi já conhecido. A boa notícia é que o time não tomou gols. Sem dúvida um avanço.

Vem aí o clássico, onde o Avaí não terá Rafael Coelho, suspenso. Com a estreia de Márcio Goiano, que negou contato do Avaí mesmo com todas as informações que confirmaram o encontro, prevista para o próximo domingo, está a esperança do torcedor avaiano de uma nova atitude. E nada como a vitória em um clássico com a estreia de um novo comandante para dar outra moral para o returno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário