quinta-feira, 1 de setembro de 2011

As duas vitórias pós-clássico

Depois daquele belo clássico do último domingo, os dois times da capital venceram. É interessante comparar o jogo do Scarpelli com as vitórias alvinegra e avaiana contra Cruzeiro e Avaí.

Foto: Superesportes.com.br
O Figueirense foi perfeito. Mostrou que Ipatinga é pé quente, batendo o Cruzeiro por 4 a 2. No clássico de domingo, o time jogou mais que o Avaí, criou mais chances, mas não teve competência nas conclusões, perdendo a partida. Mas o time saiu daquela partida sabendo que era uma equipe com potencial. O problema dos jogos fora de casa foi enterrado, e o time mostrou a mesma postura da vitória contra o Galo. Novo domínio da partida, mas com um sucesso maior nas conclusões. Jogando com essa eficiência, o time de Jorginho pode não ganhar todos os jogos, mas será competitivo em todos eles, com certeza. Bater o Cruzeiro fora de casa é coisa para poucos.

Foto: Ag. Estado
O Avaí saiu do Scarpelli com a moral renovada. Com certeza, a motivação para enfrentar o Flamengo seria muito diferente em todos os aspectos, caso tivesse perdido o clássico. A vitória veio, e junto com ela uma autoconfiança muito grande, que fez com que o time "comesse grama" e buscasse o resultado. Gol logo no começo do jogo para iniciar os trabalhos. Lincoln vem aparecendo bem no time, para dar, finalmente, um companheiro de meia-cancha a Pedro Ken. E as chances foram aparecendo. O magistral gol olímpico de Ronaldinho não trouxe desespero. No segundo tempo, o cenário continuou, Felipe apareceu com importantes defesas e os gols apareceram, com Lincoln e Rafael Coelho, que veio do banco de reservas (entrou no lugar de Bruno, ousadia de Cecílio) para sacramentar a vitória e sair, ainda que momentaneamente, da zona de rebaixamento. Há um longo caminho pela frente, mas só o fato de sair do Z4 é um grande alívio. Além de importantes, foram vitórias convincentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário