sábado, 1 de outubro de 2011

Avaí, o legítimo bonde sem freio

Haviam torcedores que ainda estavam crentes em algum tipo de reação do Avaí. Isso foi visto no Aeroporto, quando o time embarcou para Salvador. Mas não há como acreditar em um time desgovernado, mal armado e mal substituído. Sim, o Avaí é o legítimo bonde sem freio, descendo uma ladeira que dá na Série B, sem chance de parada.

Escrever do jogo é complicado. O Bahia mostrou que o time não é aquilo tudo, permitiu o Avaí tentar algo (dentro de suas limitações) no ataque. Mesmo quando tomou 1 a 0, o Leão ainda era mais time. A casa começou a cair, ironicamente, quando aconteceu a virada, que aconteceu em dois erros da defesa do time da casa. Isso fez Toninho Cecílio cometer um grande erro: ao tirar Lincoln, que é o homem que (bem ou mal) faz a articulação para colocar Acleisson, o técnico avaiano deu a letra para o Bahia acreditar em uma virada. A estratégia não funcionou, a marcação não melhorou, e a vaca foi pro brejo em cinco minutos.

A vergonha continua, jogo após jogo, mesmo com diferentes mensagens de motivação. A atitude de vários torcedores é louvável, tentando de toda forma levantar a moral de um time de baixa qualidade, com jogadores não utilizados de outros clubes, que foi sendo remendado no meio do Campeonato e sem condições de lidar com situações-chave. Foram mostradas falhas de todo tipo que não são consertadas.

Os números não mentem: considerando que a história do brasileiro diz que um time escapa do rebaixamento ao marcar 43 ou 44 pontos, o Avaí teria que vencer sete jogos nos onze que faltam para se salvar. Até agora, o time venceu apenas cinco, contando com a pior defesa do campeonato (57 gols marcados). Racionalmente, não há como acreditar.

A grande torcida avaiana não cansa, tenta de toda forma agarrar-se nos mínimos fios de esperança. Mas não há como corrigir algo que foi mal concebido.

Um comentário:

  1. João Nilson Zunino, em 11 anos de administração do Clube foi um desastre em 8. Vaidoso e politico, JNZ tentou ano passado afastar L&A do futebol e tocar o clube sozinho. Ai começou a desandar a maionese. Em julho, a pedido de JNZ, L&A voltou para ajudar o clube. Mas seus melhores jogadores já estavam empregados. Mais as cagadas não param por ai. Elevou o ingressos de 20 para 50 reais e cadeiras de socios de 65 para 95. Contratou varios jogadores e tecnicos com passagem pelo co-irmão, aumentando a irá da imensa torcida. JNZ a dois anos vem jogando contra a torcida e vai entrar pra historia como o pior presidente de toda historia do clube.

    Ahhh fazer media com cidades do interior. JNZ é sureal.

    Sobre o jogo, eu só vou dizer que perdemos por achar que Acleisson, Batista e Rafafel Coelho são jogadores de serie A.

    FORAAA ZUNINOOOOOO

    ResponderExcluir