domingo, 6 de novembro de 2011

Deu pra bola, Avaí

Os torcedores mais apaixonados ainda acreditavam numa recuperação. Tudo passava pela vitória contra o Ceará, adversário direto, dentro de casa.

E depois de outra atuação chimfrim, é hora de entregar os pontos e admitir que a vaca já foi pro brejo. Deu pra bola, não adianta mais ficar divagando e vivendo em uma esperança.

Faltou atitude desde o início da partida. Aquela atitude que o torcedor espera há tempos até apareceu pontualmente em alguns jogos, mas não nesse. Três pontos perdidos para um time que só havia vencido um jogo fora de casa até agora, e que escapou da zona de rebaixamento. Não há como ter melhor sorte, ainda mais tendo partidas pela frente contra São Paulo e Vasco, que lutam na parte de cima. Derrota mais do que justa de um time que tem jogadores que não fazem jus à Série A.

Enquanto isso, o time A da LA Sports vence o Palmeiras em São Paulo com gols de Davi e Leonardo.

Toninho Cecílio era a face do derrotismo depois do jogo. Pediu desculpas três vezes, pelo que pude contar. Entregou os pontos. E incluiu mais um rebaixamento no seu currículo. Está na hora da diretoria admitir o rebaixamento, demitir o treinador e iniciar o planejamento para 2012, contratando um técnico visando remontar todo o time no Campeonato Estadual para entrar bem na Série B. Se há uma hora certa para uma reestruturação geral, essa hora é agora. E já considerando a grande queda de orçamento que haverá no próximo ano com a redução do número de sócios e das cotas de televisionamento.

Após o jogo, um grupo de torcedores invadiu as sociais para aprontar. Não justifica em nada, pode prejudicar o clube no tribunal e é um ingrediente a mais no já terrível ambiente avaiano.

Se ainda havia gente que não tinha visto a ficha do rebaixamento cair, hoje viu. E cuidado que o América venceu e a possibilidade da lanterna é real.

3 comentários:

  1. Exatamente!

    Muito bom o texto, é a realidade, o Avaí nao teve um planejamento, desistiu do catarinense, fez 2 times ruins, dispensou jogadores, contratou a rodo, passaram 63 pela ressacada este ano e ainda tem gente pra jogar.

    Começar a planejar o acesso em 2012 é a ordem

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Exatamente!

    Muito bom o texto, é a realidade, o Avaí nao teve um planejamento, desistiu do catarinense, fez 2 times ruins, dispensou jogadores, contratou a rodo, passaram 63 pela ressacada este ano e ainda tem gente pra jogar.

    Começar a planejar o acesso em 2012 é a ordem

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. O Avaí vem mal desde o início. Erros e mais erros. Para um time que quer se manter na Série A, ainda é lucro estar com alguma chance, visto inúmeras derrotas dentro de casa. Nunca vi um time perder tanto diante do próprio torcedor. Quanto ao Coritiba, venceu um time que é cada dia mais reflexo da PIOR ADMINISTRAÇÃO DO MUNDO. Digo há um bom tempo que enquanto Palaia, Mustafá, Pescarmona, Frizzo e Tirone não forem definitivamente afastados do Palmeiras, o clube paulista nunca mais voltará a ser grande. Eles são muito piores que a diretoria do Maga (3ª divisão do catarinense), além de uma torcida que vaia quando o time disputa as primeiras colocações e se cala no atual momento, quando é disparadamente a pior equipe do campeonato. Desculpe o desabafo, mas é duro ver uma situação dessas.

    Para o Avaí, é refletir e começar a pensar em 2012, recomeçando do zero, procurando parcerias e evitando intervenções políticas e administrativas de empresários.

    ResponderExcluir