domingo, 20 de novembro de 2011

"Sólo se puede se jugar la pelota"

Foto Flávio Neves / ClicRBS
"Só se pode se jogar bola"

A campanha do Figueirense no Brasileiro criou uma expectativa gigante na torcida, que deixou o estádio decepcionada hoje. Muitos fora embora antes do fim do jogo. Mal-agradecidos com a derrota, mesmo o time fazendo uma campanha exemplar? Não, é a dor da decepção. Amanhã a ficha cai.

A verdade é que o Figueira, se quiser chegar na Libertadores, precisa mostrar algo a mais nos confrontos diretos. Aqui, a briga é de gente grande, e contra times que sabem se superar em momentos decisivos, com boas opções no banco de reservas. Com o time desfalcado, a situação piorou muito. Nada está perdido, o objetivo é tentar a Libertadores e não o título. Logo, que a lição seja assemelhada pras duas decisões que vêm pela frente.

Se tivemos um primeiro tempo lá e cá, com o Figueira apertando e até com um pênalti não marcado pelo Héber Roberto Lopes, vimos um senhor abafa na segunda etapa. O Fluminense distribuindo bolas de todos os lados, a marcação alvinegra com muitos problemas e os talentos individuais aparecendo, até que a goleada foi se formando.

Fato primordial é a diferença dos dois ataques. No Figueira, Aloisio, que é um jogador guerreiro, corria, trombava, tentava chutar, fazia das tripas coração, mas não marcava. Foi substituído por Somália, que não fez nada de especial. Do outro lado havia um Fred em excelente fase, com um Marquinho de qualidade, que fazia as bolas chegarem a frente com mais tranquilidade. Aí teve a falha de marcação no primeiro gol, a falha de Wilson no segundo.... a goleada se construiu.

Contra o Corinthians, a novela do jogo de hoje será relembrada. O glamour de estar na zona da Libertadores é facilmente absorvida (ou tida como obrigação) por um time grande. Para o Figueira, é uma responsabilidade que causa reações no time e na torcida. Talvez jogando a responsabilidade pro outro lado, e tentando recuperar as boas atuações, venha uma vitória contra o Corinthians e a chance de carimbar a vaga na pré-Libertadores contra o Avaí.

Mas tem que esquecer a festa e jogar bola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário