domingo, 18 de dezembro de 2011

Estádio Municipal de Brusque: as tratativas começaram

Na semana passada, a Prefeitura de Brusque soltou uma nota no seu site que, até certo ponto, surpreendeu. Não havia nada muito claro sobre a intenção e a execução do projeto de construção de um novo estádio na cidade, antiga solicitação da comunidade.

Mas parece que a coisa vai andar. O prefeito Paulo Eccel convocou a Câmara de Vereadores para uma sessão extraordinária nesta semana e, entre outros assuntos, vai colocar em votação a alienação de dois imóveis para levantar dinheiro para construir o Estádio: um é o terreno onde está localizada a secretaria de obras, no centro da cidade, e outro é o prédio onde fica o Senac, no bairro Maluche, onde há muito tempo atrás funcionou o Fórum. O projeto precisa de aprovação da Câmara pra seguir em frente.

Onde seria o estádio? Segundo apurei, existem três planos: o primeiro, seria a construção do Estádio em uma área que a Prefeitura deseja transformar num grande complexo de esporte e lazer, so que, segundo me falaram, esse terreno localiza-se na Rod. Ivo Silveira (saída para Gaspar e Blumenau), a cerca de 10 km do centro. Particularmente acho bem fora de mão, ainda contando que há apenas uma rota para chegar lá, via uma movimentada rodovia Estadual. Há também o pensamento de se buscar na cidade um outro local para levantar o Estádio.

O terceiro plano é fazer uma parceria público-privada (PPP) para refazer o estádio Augusto Bauer por completo, no local onde se encontra, no centro da cidade. O plano, segundo dirigentes do Carlos Renaux, é levantar um confortável local para 10 ou 12 mil pessoas, com arquibancadas em formato de "U". A Prefeitura faria a construção, o Carlos Renaux administraria e cederia o local ao Brusque e a eventos públicos sem ônus.

Vamos ficar de olho, que agora a coisa parece estar caminhando. Mas primeiro há de se ver se a Câmara vai aprovar.

7 comentários:

  1. Prefeito Paulo Eccel é um político de visão. O Estadio Municipal é uma necessidade pela tradição que Brusque tem no futebol de SC. Em 2013, a cidade completa 100 anos de futebol.

    Analisando as alternativas, um complexo esportivo muito fora da cidade pode não ser uma boa alternativa. O lugar ideal seria próximo da Arena Multiuso, que já é parte de um complexo esportivo.

    Em cima do Kartódromo vai ser erguida a nova ponte, mas existe uma área grande que pega uma parte do Kartódromo, um terreno vazio que fica ao lado onde tem duas construções e uma área grande desocupada que encosta no terreno da empresa de ônibus Santa Terezinha que poderia ser usada para a construção do estádio.

    A Prefeitura, além desses 2 terrenos que está colocando a venda para a construção do estádio, tem outros terrenos e imóveis na cidade. Poderia fazer uma permuta com os proprietários dessas áreas e mesmo ceder algum espaço comercial no novo estádio, como salas para aluguel. Fica num ponto comercial e num local que tem estacionamento, pois em dias de jogo poderia ser usado o estacionamento da Fenarreco.

    Não sou a favor da parceria com o Carlos Renaux, embora a área onde está o Augusto Bauer seja muito interessante. Nessa alternativa, o Carlos Renaux seria o maior beneficiado.

    O Estadio Municipal precisa ser cedido ao Brusque FC para instalar a sua estrutura administrativa, e poder explorar salas comerciais, bares para gerar receita e viabilizar o futebol. Quem está fazendo futebol em Brusque e tem torcida é que precisa do estádio, e não o Carlos Renaux, que embora tenha muita tradição, é um clube morto, sem torcida e sem a mínima possibilidade de voltar a disputar competições profissionais.

    Parabéns ao Prefeito pela iniciativa. Essa obra vai imortalizar a Administração Paulo Eccel em Brusque.

    ResponderExcluir
  2. Essa proposta do Carlos Renaux só poderia ser aceita com as seguintes condições:

    1) A Receita de Placas Publicitárias internas seria do Brusque FC, pois é o Brusque que leva torcida ao estádio.

    2) Teria que ceder no local várias salas e áreas para o Brusque FC instalar sua estrutura administrativa e estrutura de futebol.

    3) Ceder ao Brusque FC várias salas de frente para a Avenida Lauro Muller. As salas teriam que ser divididas entre o Carlos Renaux e o Brusque.

    Fora disso, só quem ganha é o Carlos Renaux.

    ResponderExcluir
  3. CHEGA DE CARLOS RENAUX.
    O BRUSQUE FC PRECISA DE UMA ARENA SUA.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o episódio da votação na câmara de vereadores.

    Na minha opinião, mais uma vez grande parte dos vereadores colocaram os interesses políticos e individuais acima dos interesses de grande parte da população de Brusque. Votar contra os interesses da população parece não ser novidade na câmara de vereadores de Brusque.

    Recentemente, mesmo com a população sendo contra o aumento do número de vereadores, a câmara votou pelo aumento contrariando a vontade da grande maioria da população de Brusque.

    Sou admirador do trabalho do prefeito, e quando vi que ele havia convocado uma reunião extraordinária, obviamente imaginei que tinha certeza da vitória, ou pelo menos que havia feito uma negociação prévia (no bom sentido) com os vereadores para saber quem votaria a favor e quem votaria contra.

    Por que antes de convocar essa seção extraordinária não houve uma negociação com a oposição? Difícil de entender. Pelo acontecido, posso deduzir duas coisas:

    1) Sabendo que precisava de 2/3 dos votos, não seria difícil saber quem iria votar a favor e quem iria votar contra. Dá para acreditar que o prefeito e assessores sejam tão ingênuos a ponto de convocar a câmara de vereadores para uma seção extraordinária com votação sem ter articulado para saber a tendência de cada vereador e assim poder prever o resultado?

    2) Sabendo de antemão que o projeto não passaria, será que a intenção era convocar a votação, e com a certeza da derrota, colocar a torcida do BFC contra os vereadores de oposição?

    Não quero acreditar nessa segunda hipótese. Mesmo porque, pelo episódio do aumento do número de vereadores, parece que os vereadores de Brusque estão pouco se importando com a vontade da população ou com o que a população pensa ou deixa de pensar sobre eles. Dessa forma, teria que acreditar na primeira hipótese, e deduzir o quanto o prefeito e seus assessores diretos são ingênuos.

    Parece que falta um articulador político na prefeitura. Alguém que tenha habilidade suficiente para negociar com a oposição e que tenha sensibilidade política para aconselhar o prefeito a convocar uma reunião extraordinária com votação somente se tiver certeza ou pelo menos probabilidade muito alta de vitória.

    Infelizmente quem sai perdendo com esse lamentável episódio é a população de Brusque, e mais especificamente, todos os admiradores do esporte na nossa cidade. Meus pêsames ao prefeito e a câmara de vereadores por esse DESASTRE de conseqüências irreparáveis para a nossa cidade.

    ResponderExcluir
  5. Bom, também quero muito um estádio municipal. Mas muitos falam aqui que é vontade da população vender imóveis da cidade pra ser investido num estádio municipal, isso não é verdade. Com certeza o povo escolheria melhorias nas vias públicas, saúde e educação do que um Estádio Municipal.
    Na minha opinião o Sr. Prefeito quis mesmo jogar os torcedores brusquenses contra a oposição. Temos certeza que o Prefeito sabia que seria derrotado. Ingênuo é quem acredita na ingenuidade do Prefeito.
    Também admiro o Prefeito, mas as vezes essas jogadas políticas me deixam triste.
    E a luta continua, precisamos de um estádio

    ResponderExcluir
  6. essa historia do estadio municipal precisa ser melhor debatido, não é assim a toque de caixa, no final do ano, que se faz as coisas. primeiro se faz e apresenta um projeto, depois se procura investidores e se for o caso e precisar se vende os imoveis.
    a ideia mais facil e viavel que vejo é a prefeitura desapropriar parte do Augusto bauer, deixando e construindo para o cacr uma sede social e admistrativa e fazer um estadio e centro de treinamento, fora do centro da cidade. o estadio poderia ser administrado pela prefeitura ou pelo brusque, e o centro de treinamento poderia ser usado pelo carc e bfc. o valor da venda de parte do augusto bauer praticamente cobriria os custos das obras.

    ResponderExcluir
  7. Consequencias vão ter aqueles que votaram contra !

    Espere as proximas eleições !
    A campanha CONTRA vai ser grande.

    Assim como teve consequencia o ótimo trabalho que o Danilo fez no Bruscão......( humilhou o Ciro ) na ultima eleição e só não entrou por causa da legenda !

    Turminha do Ciro VTNC !


    Apoio a todos que apoiarem o BRUSCÃO !

    ResponderExcluir