sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Tensão com a ida de Ronaldo Capixaba para o Avaí

A noite foi agitada lá pra Joinville, e é um tipo de agitação nada boa para uma véspera de decisão de Série C. Ainda mais se falando do atacante Ronaldo Capixaba, peça importante do JEC no Campeonato. É o artilheiro do time.

As notícias que vinham diziam que ele já tinha encaminhado a sua renovação de contrato. Mas tudo virou na noite de ontem, quando o presidente Márcio Vogelsanger, em tom de indignação, deu entrevista ao programa "Sérgio Silva" do canal 11 de Joinville, e declarou: "Perdemos o (Ronaldo) Capixaba para o Avaí". Notícia que movimentou as redes sociais na última madrugada.

Procurado pela imprensa hoje de manhã, Vogelsanger manteve a informação e mostrou que continuava indignado com a situação. Chegou a declarar ao amigo Gabriel Fronzi, da Rádio Cultura: "Artilheiro de gols de penalti de Araque. Que vá para o Avaí e afunde de vez lá”. Deu pra ver que o ambiente não estava bom. Márcio também criticou a postura de um homem chamado "Mineiro", que seria o agente do jogador,que teria intermediado o negócio com o Avaí.

Em entrevista ao Infoesporte, o gerente de futebol do JEC, Nazareno Silva, disse que "Mineiro" entrou no meio do negócio, sendo que quem trouxe Capixaba para Joinville foi Daniel Coracini, ex-volante do clube. Ronaldo foi procurado hoje pela manhã, e declarou que não sabia do acerto com o Leão da Ilha. Certo é que seu clima lá complicou-se bastante. Seu contrato terminou no último dia 30, e para jogar amanhã na decisão, ele necessitará de um aditivo que deverá ser publicado hoje no BID. Mas com todo o clima negativo criado, não duvido que ele acabe não jogando. Tudo que o JEC não precisa agora é de vaias em um momento decisivo.

E, sinceramente, Capixaba não é insubstituível. Se Arturzinho optar por colocar o garoto Aldair ou mesmo Bruno Rangel no time titular ao lado de Lima, o time não perde em qualidade para levar o título nacional.

Abaixo, você ouve entrevista concedida por Márcio Vogelsanger, mais calmo, ao repórter Gabriel Fronzi, confirmando a negociação.


Sonora capixaba by gabrielfronzi

3 comentários:

  1. Entao vai ser Arlan e Aelson cruzando e Capixaba de matador, nossa senhora, que medo do Avai no catarinense, tomara que o Cleverson volte pra Chapecoense porque vai ficar ofuscado no time;

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHAHA Gostei, Fabrício. Realmente o Avaí vai ser arrasador no catarinão hahahahaha

    ResponderExcluir
  3. Futebol esta tão nivelado por baixo que qq coisa pode acontecer. Em dois anos o Jec ganhou no tapetão a vaga da serie C de um time que não tinha dinheiro nem pra ir até Joinville jogar (America-AM). Depois venceu o confronto contra a Chapecoense, com a ajuda do Jeferson Schimidt e ano que vem vai disputar uma serie B. Com varios clubes acostumados a jogar serie B, com 38 rodadas e ai vamos ver quem tem mais garrafa vazia pra vender. O Criciuma gastou alto esse ano na serie B e ficou em 14º no final. Futebol não tem receita para o sucesso. Se o clube tiver a SORTE de encaixar um bom grupo para que possa dar liga para conquistar os objetivos. Posso citar exemplos: ate o Avaí subiu com Jef Silva na lateral esquerda e Cafu foi varias vezes Campeão.

    ResponderExcluir