sábado, 24 de dezembro de 2011

Minha mensagem de Natal

Este blogueiro quer desejar um Feliz Natal a você, que dedica parte do seu tempo para dar atenção a esse espaço durante todo esse ano.

É até certa forma incrível saber que aquele espaço despretensioso aberto há quase 4 anos tem leitores em todo o Estado. O reconhecimento é a recompensa por horas dedicadas ao BdR. Não tem presente no mundo que supere isso. E isso aumenta a responsabilidade.

Quero agradecer a você, leitor. Citar nomes aqui seria uma injustiça com quem fez esse Blog chegar a mais de 400 mil acessos em 2011. Um espaço que não pertence a nenhum portal, é feito de coração e voltado a expôr comentários, ideias, críticas e soluções sobre o esporte de Santa Catarina.

Da mesma forma, obrigado aos quase 2.500 seguidores do meu twitter e a quem acompanha meu trabalho na RICTV, Rádio Cidade, TV Brusque e no Jornal Município, que é um complemento deste espaço. Ano que vem continuaremos com o nosso trabalho com a mesma vontade de sempre.

Feliz Natal pessoal, pra todos vocês e suas famílias. Que tenhamos um belo Natal, um futuro maravilhoso e um mundo mais feliz, justo e agradável de viver.


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

SC pode receber prova do Mundial de Fórmula 1

Em tempos onde Bernie Ecclestone afirma categoricamente o desejo de acabar a possibilidade de um mesmo país receber duas provas da Fórmula 1 por ano, o Brasil entrou na lista dos que podem receber uma segunda corrida, lista essa que já tem a Espanha e deve ter os Estados Unidos em breve,

Segundo informações do blog "Radar On-Line", do jornalista Lauro Jardim, o governo do estado de Santa Catarina se reuniu há 15 dias com Ecclestone para apresentarem a proposta. Um projeto será feito para que o estado possa receber uma corrida sem substituir Interlagos.

Uma nova reunião deve ser marcada em abril. A proposta é de construção de um circuito no parque Beto Carrero, em Penha, onde já há um kartódromo desenhado por Hermann Tilke, e que fica bem próximo ao Aeroporto Internacional de Navegantes.


O Rio de Janeiro também deve construir um autódromo no bairro Deodoro. A pista seria considerada "nível A" pela FIA, ou seja, estaria apta para receber a categoria, porém não há essa intenção por parte da cidade.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

10 anos do gol de Abimael que subiu o Figueira

Em 22 de dezembro de 2001, exatamente dez anos atrás, em uma tarde de muita chuva em Santa Catarina, foi escrita uma página importantíssima da história do Figueirense. Em um jogo polêmico, que só foi definido nos tribunais meses depois e que culminou no encerramento da carreira do árbitro paulista Alfredo Loebeling, o Figueirense venceu o Caxias por 1 a 0 no Orlando Scarpelli com gol do reserva Abimael e conquistou o acesso a Série A junto com o Paysandu, que sagrou-se campeão ao golear o Avaí por 4 a 0, em Belém.

22.530 torcedores tomaram banho de chuva e assistiram ao jogo, que foi encerrado faltando 1min50 para o fim da partida pelo árbitro. Um caos estava formado com a invasão dos torcedores, não dando condições de tocar o jogo até o final. Loebeling interrompeu o jogo, mas disse ao capitão do Caxias e às rádios locais que o jogo iria continuar. No entanto, como os torcedores levaram uniformes, redes e bolas, a partida não pôde ser reiniciada.

No dia seguinte, e reza a história que ele foi foi pressionado por Armando Marques, mudou totalmente o relatório da partida e praticamente encerrou sua carreira naquele momento. Na época ele disse: “Fui coagido pelo Armando a adulterar o relatório. Ele me obrigou a dizer que eu encerrei o jogo e dei dois minutos de acréscimo em vez de três. Depois, na CBF, negou tudo e ameaça acabar com a minha carreira. [...] Eu aceitei a pressão e menti para salvar minha carreira. Sabia que era uma coisa errada, mas fiz porque fui ameaçado. Não tenho vergonha de admitir que fiquei com medo de acabar com minha carreira”.  Loebeling nunca mais apitou um jogo profissional.


O resultado foi um divisor de águas para o futebol catarinense, que passou a ser presença constante na Série A do Brasileiro, com o Criciúma e o Avaí, anos depois. Mas é importante lembrar um jogo que está muito presente na memória do torcedor alvinegro. Achei esse vídeo com alguns momentos do jogo:


quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

A participação de SC na Timemania e no "É goool!" em 2011

A Caixa Econômica Federal divulgou os rankings de participação dos clubes catarinenses nas loterias Timemania e É Goool em 2011. Nesses números, dá pra tirar duas conclusões: quem tem uma torcida mais fiel, e que ainda há muita coisa para evoluir, em meios que podem dar um extra para os clubes.

Começamos com o "É Goool", que é um título de capitalização da Caixa, onde quatro times do Estado se inscreveram para participar. Um porcentual das vendas é destinado aos clubes. Ainda que os números sejam tímidos, o Joinville liderou o ano, com R$ 18.882,00 arrecadados, seguido de longe por Figueirense (R$ 9.582,00), Avaí (R$ 5.625,00) e pelo Metropolitano (apenas R$ 1.125,00 arrecadados). (veja o Ranking aqui)

Já na Timemania, loteria que já existe há alguns anos, há um termômetro de como está a participação do torcedor catarinense, comparando com outros do Brasil. O melhor time em Santa Catarina neste ano foi o Avaí, 21o. lugar Nacional, seguido por Joinville (29o), Figueirense (47o) e Criciúma (63o.). Aqui, dá pra ver que Avaí e JEC fazem uma boa divulgação da Timemania e conseguem bons números, enquanto Figueira e Tigre não parecem interessados nesta Ferramenta (ranking completo aqui)

domingo, 18 de dezembro de 2011

Estádio Municipal de Brusque: as tratativas começaram

Na semana passada, a Prefeitura de Brusque soltou uma nota no seu site que, até certo ponto, surpreendeu. Não havia nada muito claro sobre a intenção e a execução do projeto de construção de um novo estádio na cidade, antiga solicitação da comunidade.

Mas parece que a coisa vai andar. O prefeito Paulo Eccel convocou a Câmara de Vereadores para uma sessão extraordinária nesta semana e, entre outros assuntos, vai colocar em votação a alienação de dois imóveis para levantar dinheiro para construir o Estádio: um é o terreno onde está localizada a secretaria de obras, no centro da cidade, e outro é o prédio onde fica o Senac, no bairro Maluche, onde há muito tempo atrás funcionou o Fórum. O projeto precisa de aprovação da Câmara pra seguir em frente.

Onde seria o estádio? Segundo apurei, existem três planos: o primeiro, seria a construção do Estádio em uma área que a Prefeitura deseja transformar num grande complexo de esporte e lazer, so que, segundo me falaram, esse terreno localiza-se na Rod. Ivo Silveira (saída para Gaspar e Blumenau), a cerca de 10 km do centro. Particularmente acho bem fora de mão, ainda contando que há apenas uma rota para chegar lá, via uma movimentada rodovia Estadual. Há também o pensamento de se buscar na cidade um outro local para levantar o Estádio.

O terceiro plano é fazer uma parceria público-privada (PPP) para refazer o estádio Augusto Bauer por completo, no local onde se encontra, no centro da cidade. O plano, segundo dirigentes do Carlos Renaux, é levantar um confortável local para 10 ou 12 mil pessoas, com arquibancadas em formato de "U". A Prefeitura faria a construção, o Carlos Renaux administraria e cederia o local ao Brusque e a eventos públicos sem ônus.

Vamos ficar de olho, que agora a coisa parece estar caminhando. Mas primeiro há de se ver se a Câmara vai aprovar.