segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Video: Jogo-treino termina em briga em Itajaí

As cenas abaixo são do jogo-treino do Marcílio Dias contra o Corinthians Paranaense, nesta tarde de domingo, no Estádio Dr. Hercílio Luz. O jogo estava 2 a 0 para o Marinheiro, quando aos 30 minutos do segundo tempo, torcedores do time da casa invadiram o gramado e partiram para cima dos jogadores do time de Curitiba, munidos de pedaços da obra do Estádio e até de serrote.

Bom lembrar que o alambrado que fica atrás do gol da Av. Marcos Konder foi retirado para que fosse colocado mais próximo à trave. Logo, os torcedores não tiveram dificuldade para entrar no campo e protagonizar tristes imagens.

Como o jogo-treino não era oficial, acredito que o clube não sofra nenhuma punição desportiva. Mas como o Corinthians-PR registrou queixa na Polícia, pode ser que uma investigação ocorra. Dois pontos precisam ser destacados: conforme um árbitro me informou, foi acordado que a partida não teria cartões amarelos nem expulsões, o que tornou o jogo violento. Caso acontecesse algo pior, a arbitragem pediria para que houvesse substituição. E o outro ponto é que não havia policiamento presente no local. Somando isso com a ausência do alambrado, ficou fácil.

Os dois videos abaixo, feitos por torcedores, foram postadas no Youtube, e dão noção do que aconteceu. Só tenho que lamentar:

15 comentários:

  1. é o seguinte....
    Eles bateram o jogo todo nos jogadores do Marcílio, o jogo parou por umas 5 vezes, aí na saída do intervalo começaram a bater boca com torcedores da Fúria (jogador que é jogador não deve cair em pressão de torcida) então nesta última confusão um jogador sem noção deles deu um pontapé no jogador do Marcílio que já estava caído, o que gerou o tumulto entre jogadores e porrada literalmente, aí a torcida invadiu e os jogadores do Corinthians-PR saíram correndo para o vestiário, ou seja, a torcida apenas fez com que os jogadores saisem de campo para não gerar mais tumulto, e não houve de maneira alguma contato físico entre jogadores e torcida, apenas tumulto como no vídeo, então não é necessário este alarme todo.

    ResponderExcluir
  2. Seguinte:
    Se os caras bateram, mas tinha arbitro né.
    A invasao de torcida com armas em mao, só podia acontecer por esses lados mesmo.
    Muita varzea, pouco cerebro.
    FCF tem a obrigaçao de suspender os jogos do Marcilio em seu estadio.
    Ninguem mais se sentirá seguro por lá.
    Muito bandido.

    ResponderExcluir
  3. Muito sensacionalismo nestas matérias sobre o ocorrido. Gente que nem estava la para ver e ficar escrevendo o que ouve pela boca dos outros.

    A quanto tempo não acontece problema em Itajaí? Uma das melhores entradas para visitantes e sem falar que fehcam a avenida sete de setembro para que só a visitante fique. Escolta desde o trevo na contorno sul (BR).

    Vocês não vem a Itajaí e escrevem merda.

    Saudações Rubro-Anis.

    ResponderExcluir
  4. Depoimento dramático de um torcedor do BFC feito após o jogo Brusque 1x2 Criciuma em Itajaí ocorrido a pouco mais de 2 anos no final de 2009. Nunca é tarde para rememorar. Esperamos que alguém tome providencias antes que ocorra alguma tragédia nessa perigosa cidade de Itajaí. De Itajaí eu quero distância, assim como a maioria dos torcedores de Brusque.

    _____________________________________
    Agora quero falar de outra coisa, daquela torcida de bandidos que é a do marcilio.

    O jogo de ontem nem era com o time deles, mas ele foram la. Assim que eu e dois amigos chegamos, nem bem demos 10 passos fomos encurralados por uns 8 torcedores do marcilio, ficaram ameaçando e fizeram agente tirar a camisa, somente depois de explicarmos que a camisa não era de torcida (estávamos com a amarela), e que eles devolveram.

    Durante o jogo, foram la na torcida do criciúma e ficaram olhando a gente, na saída, tinha uns 15.

    Assim que saímos do estádio, cerca de uns 15 metros da saída, vieram correndo, gritando que éramos da torcida organizada (mesmo sem ninguém estar de camisa), me deram um soco e uma joelhada nas costelas, um soco em outro amigo, e um ponta pé em outro, corremos pela rua e conseguimos voltar ao estádio, que para variar já não tinha nenhum PM.

    Quando voltamos para o carro, tinha um senhor de uns 50 anos com o filho e a filha chorando, eles tinham batido no filho dele e feito ele tirar a camisa (do time), e levaram embora. Os caras tem que ser bandidos mesmo, por que se dar ao trabalho de sair do barraco na favela em pleno sábado de chuva para arrumar encrenca em um jogo que nem é do time deles, é coisa de bandido mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Se não me engano, esse jogo Brusque x Criciuma ocorreu em Itajaí porque faltava um laudo para liberação do AB. Erroneamente o BFC preferiu escolher o estádio do Marcilio em vez do Sesi de Blumenau.

    ResponderExcluir
  6. Alexandre.....
    Vocês falarem que querem distância de Itajaí é pracabar né?
    Vivem aqui sujando nossas praias com seus hábitos coloniais, o cara vai pra praia fim de semana e só ve carro dessa bosta de brusque que vocês chamam de cidade, que tem uma economia medíocre, cidade pobre, tem uma bosta de um PIB, parecem tudo um bando de Alemão Colono, as mulheres daí sentem até vergonha de vocês com esses hábitos antigos e coloniais, por que vocês acham que elas vem para o litoral? por que aqui tem homem e não figurante de homem que não passam de agricultores e colonos sem cultura.
    Sem mais pra vocês colonadas!

    ResponderExcluir
  7. Concordo com o Alexandre. A torcida do Marcílio é violenta, e a maioria do povo de Itajaí tem um ranço tremendo de cidades como Brusque, Joinville, Blumenau e a Capital. É algo difícil de explicar. São muito recalcados. E o nível de "inteligência" deles se percebe em comentários como o do Anderson Bieber Lemos.

    ResponderExcluir
  8. Bieber Lemos

    Nosso litoral? Desde quando Itajaí é dono do litoral? Não deve estar falando que Camboriú, Itapema, Meia Praia, Bombas, Bombinhas são de Itajaí. Até porque Camboriu já ultrapassou Itajaí em tudo. Nós de Brusque sempre freqüentamos essas praias, nunca sujamos porque temos educação. Quem suja praias são os favelados, que sabemos de onde vêem.

    Você falou em PIB, e não sabe o que significa esse indicador. Toda a receita do PIB de Itajaí vem do porto, e essa renda não é distribuída para a população. Itajaí não tem indústria, não gera empregos, por isso têm tantos favelados e desempregados. Quem gera emprego são as indústrias, que estão em Joinville, Blumenau, Brusque e Jaraguá do Sul. O PIB de Itajaí é gerado pelos produtos que nossas empresas mandam para o porto.

    PIB per capita, como você quer se referir, não significa nada. A cidade com o maior PIB per capita dom Brasil é São Francisco do Conde, na Bahia. Uma cidade paupérrima, onde o PIB é gerado por uma usina de refinaria de petróleo. Quase como Itajaí, onde o PIB é gerado por uma única fonte: o porto.

    Vejamos outros indicadores mais precisos de qualidade de vida, como o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Esse indicador leva em conta distribuição de renda, empregos, grau de escolaridade da população, número de leitos de hospital por habitante, dentre outros indicadores de qualidade de vida. Cidade pobre é Itajaí. No estado de Santa Catarina, Itajaí ocupa a 43° colocação. Brusque está pelo menos 25 posições a frente de Itajaí. Camboriú, que já ultrapassou Itajaí em tudo, é o segundo colocado. Portanto, antes de chamar os outros de pobre olhe para o seu nariz.
    Fonte:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_munic%C3%ADpios_de_Santa_Catarina_por_IDH

    Em futebol Itajaí também é um fracasso. Com quase 100 anos de história, o Marcilio Dias conseguiu apenas 1 título estadual, 1 copa SC. O Brusque, com 1/5 da idade do Marcilio conseguiu 1 título estadual, três copas SC.

    Como eles são inteligentes né Emerson. Gostei dessa. Um abraço e boa sorte para o JEC na Série B.

    ResponderExcluir
  9. VSF Emerson!
    e é violenta mesmo, por isso q vcs sempre apanham em casa!

    ResponderExcluir
  10. Alexandre......
    Nossa, que diferença de IDH, a diferença é de 0,17, muita diferença heim?

    Sobre que Itajaí não tem indústria.....
    Os itajaienses são conhecidos como um povo pesqueiro. Com o passar do tempo, a cidade de Itajaí passou a se manter de outras funções como meio de emprego e renda. Hoje, Itajaí possui o principal porto de Santa Catarina e o maior exportador de frios do Brasil, mas o comércio, a prestação de serviços, o turismo e as indústrias fazem com que Itajaí se destaque como uma cidade com variadas fontes de renda. Itajaí é a cidade com o segundo maior produto interno bruto do estado). Grandes empresas multinacionais e brasileiras instalaram-se na cidade, como a Petrobrás, BRF Brasil Foods, Pepsico, Brasfrigo, Braskarne, Seara, Teconvi, Arfrio, Arteplas, Azimut, Refribras, Detroit, Assolan, Bunge, Sundown, Votoran, Gomes da Costa, MultiLog S.A, POLY Terminais Portuários S/A, Weg, Cargill, Klabin, Cugnier, Italages Termo-Vidros e Standard.

    E engraçado que uma revista Inglesa publicou que Itajaí é a 4ª melhor cidade do Brasil em dinamismo econômico!


    Vale resaltar uma coisa....
    em 2009, Itajaí foi a 2ª cidade que mais arrecadou dinheiro em SC, mesmo com o PORTO PARADO O ANO INTERIO POR CONTA DA ENCHENTE, e ainda vens me dizer que só vivemos do Porto, vai te fude seu otário, volta pra roça que é teu lugar!

    ResponderExcluir
  11. Acredito que o Comentário do Anderson foi Perfeito para compreender a Torcida do Marcílio.

    São incapazes de compreender que é errado sair correndo com porretes atrás de seres humanos. perderemos nosso tempo tentando explicar que Torcedor que é Torcedor e não marginal não toma esse tipo de atitude.

    Será que veremos algum torcedor são do Marinheiro para repudiar o ocorrido? creio que não, me parece que todos concordam que sua torcida deva invadir o campo com porretes para "PROMOVER A PAZ"

    ResponderExcluir
  12. falando do desemprego, há muito tempo não vejo alguém sem emprego aqui, pois todo dia ouço carros de som passando oferecendo emprego, anúncios, engraçado isso né? só não trabalha quem não quer, e tem outra, a cada dia chegam cada vez mais pessoas de fora em busca de emprego, pois sabem que Itajaí pode oferecer uma vida muito boa, melhor doque as que viviam em outras cidades!

    ResponderExcluir
  13. Clen......
    Sei que é errado, mais não culpo a Torcida, e sim a diretoria, fez um jogo sem polícia, alambrado, e contra um time ENCRENQUEIRO, daí aconteceu o inevitável!
    já que pra piorar os jogadores haviam batido boca com os torcedores!

    ResponderExcluir
  14. Clen,

    Esse link te responde:

    http://torcedoresnoesquentagalho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Este tipinho de Torcida, que tem meia duzia de gato Pingado, e que se aproveitam das outras torcidas que as vezes não vão para brigar!
    Uma briga que teve foi entre a fofuria e e a os tigres em itajai, depois quando apareceram em criciuma, a fofuria fujiu da briga como o diabo foge da cruz!!!!

    Bando de cagão!

    ResponderExcluir