quinta-feira, 8 de março de 2012

Gilmar deixa o Avaí e chuta o balde

Agora é oficial, e confirmado pelas duas partes. O atacante Gilmar está fora do Avaí. Mas o jogador não poderia sair sem dar uma provocada no seu agora ex-clube. Abaixo, está nota enviada pela sua assessoria de imprensa, em que o jogador, que já tinha colocado o técnico Mauro Ovelha em xeque, aproveita para tentar sair por cima da situação. Acompanhe:


Após reunião realizada nesta terça-feira (08) ficou definida a saída do atacante Gilmar do Avaí Futebol Clube. Acompanhado de seu empresário Marcos Santos e do advogado Juliano Tetto, o jogador e seu staff não aceitaram a forma como o clube catarinense conduziu os últimos acontecimentos. “O Gilmar é um jogador extremamente responsável, é um grande atleta e diante de um problema acredito que o clube não pode agir no impulso. Entendemos que a situação poderia ter sido contornada, mas agora é o Gilmar que não quer mais permanecer no Avaí”, esclareceu o empresário do atleta. 

A reunião entre os representantes do goleador e a diretoria do Avaí aconteceu depois do gerente de futebol Carlos Arini divulgar o afastamento de Gilmar devido à discussão entre o jogador e o técnico Mauro Ovelha, na partida do dia (04), contra o Criciúma. “Estou chateado com essa situação. Isso nunca ocorreu na minha carreira. Claro que assumo minhas responsabilidades, mas os dirigentes não souberam lidar com uma situação. Resolvi sair, pois minha história está sendo construída com muito sacrifício e trabalho e não vão conseguir manchá-la”, enfatizou Gilmar. 

Confiante no seu potencial Gilmar não quer perder tempo e já pensa no futuro. “Quero colocar um ponto final nessa história. Meu lugar é dentro de campo e não vejo a hora de jogar. Visto a camisa do time que trabalho e isso nunca vai mudar. Agora é pensar no futuro”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário