quarta-feira, 20 de junho de 2012

Conheça a segundona: Concórdia


CONCÓRDIA ATLETICO CLUBE
Fundação: 2 de março de 2005
Cores: Vermelho, Verde e Branco
Estádio: Domingos Machado de Lima (Municipal) - 8.000 lugares
Presidente: Emerson Lorenzetti
Técnico: Nestor Simionato
Ranking "BdR" 2011: 14o. lugar
Catarinense 2011: 9o. lugar na Divisão Principal


O Galo do Oeste passou por um grande aprendizado no ano passado. Apanhou, viu onde errou e, quando começou a querer consertar o time, não havia mais tempo. No ano da sua estreia na primeira divisão, começou o campeonato com o técnico Luiz Muller, depois trouxe Jorge Anadon. Mal na tabela, ainda teve o caso do Big Brother que causou repercussão nacional. Veio Amauri Knevitz, que conseguiu estabelecer um padrão ao time. Faltou ainda um pouco mais de qualidade, fruto em grande parte da inexperiência na montagem do grupo. Lição assimilada, hora de montar o time para tentar mais uma vez o acesso.

E aí que o clube da capital do trabalho escolheu Nestor Simionato, de 52 anos, para comandar o projeto da volta à primeira divisão. Ex-lateral direito, treinou um número enorme de equipes do interior gaúcho na primeira e segunda divisões. Sua única experiência em Santa Catarina foi no Brusque no ano passado, onde chegou após a saída de Paulo Turra e ficou por dois meses, inclusive comandando o time nas partidas da Copa do Brasil contra o Atlético-GO. Chegou a comandar o Grêmio em 2003, durante um mês. A diretoria apostou no seu conhecimento do mercado e na sua experiência para montar um elenco vencedor.

A receita de um time que quer conseguir um acesso sem muitos problemas em Santa Catarina é a mesma há anos: um time experiente, com jogadores raçudos que conheçam o futebol daqui, mesclado com a garotada que vai botar pra correr. O CAC, mostrando que aprendeu a lição da montagem competente de elenco, seguiu à risca a regra, contratando "macacos velhos" da segundona, como o volante Xipote, ex-Brusque e Ibirama, o meia Maicon, chamado de "Rei do Vale" pelo amigo Everton Siemann, do Santa por ter atuado em quase todos os times do Vale do Itajaí, o atacante Hyantoni, autor de 16 gols na segundona gaúcha pelo Brasil de Farroupilha, o zagueiro Jajá, do Ibirama e o lateral-esquerdo Walmir, campeão catarinense com a Chapecoense em 2007.

Nas previsões antes da bola rolar, o Concórdia é o maior favorito ao acesso neste ano. Tem um time que tem vários atletas com experiência na dura Divisão Especial e com qualidades em todos os setores. Um meio-campo marcador, bom goleiro e um goleador são itens primordiais. E isso, o CAC tem.


2 comentários:

  1. O Concórdia como muitos outros é favorito para subir não podemos negar,que esse ano tivemos tempo e planejamento pra trabalhar. Investimentos podem não ser de grande porte mas sim para formar um time pegador,brigador que poderá render frutos no fim do ano ao torcedor,ele só quer á vaga á elite,no qual se acostumou á ter futebol de primeira,e quem não quer...avante galo do oeste..

    ResponderExcluir