quarta-feira, 27 de junho de 2012

Conheça a segundona: XV de Outubro

SOCIEDADE DESPORTIVA XV DE OUTUBRO 
Fundação: 15 de outubro de 1952
Cores: Azul e Vermelho
Estádio: Gigante do Vale - 2500 lugares
Presidente: Jorge Jacobowski
Técnico: Josélio Kresch
Ranking "BdR" 2011: 17o. Lugar
Catarinense 2011: 8o. lugar na Divisão Especial



Clube que completa 60 anos de existência em 2012, o XV de Outubro de Indaial participa da segundona pela terceira vez. Campeão da Divisão de Acesso em 2009, teve uma participação muito boa no ano seguinte, chegando ao quadrangular final, perdendo a vaga na primeira divisão para o Marcílio Dias e o Concórdia. No ano passado o time não teve a mesma qualidade, terminando apenas na oitava colocação. O clube, que apresentou para o mundo o futebol de Leandro Damião, e que já teve Jonatas, do Juventude, Maurinho, do Metropolitano e Arlan e Julinho, do Avai, no seu plantel, vai tentando tocar a sua vida mesmo sem todo o apoio do empresariado indaialense, vai trabalhando em melhorias no acanhado Estádio Erwin Blaese, o Gigante do Vale. Novas bilheterias e sistema de iluminação estão sendo providenciados, a fim de dar uma melhor condição ao time e ao torcedor rubro-anil.

E vai continuando o trabalho do técnico e coordenador de futebol Josélio Kresch, o homem que manda e desmanda no XV. Ex-técnico das categorias de base do Atlético de Ibirama, Josélio comanda o projeto desde que o clube ingressou no futebol profissional. Exímio formador de atletas, aposta em jogadores de outras temporadas, misturando com jovens talentos e nomes experientes para tentar surpreender e colocar o município de Indaial pela primeira vez na elite do futebol de Santa Catarina.

O elenco do XV de Outubro tem jogadores remanescentes do ano passado, caso do lateral Bonfim e o volante Sérgio Grach. Também chegaram o zagueiro Michel, o volante Leandro França, o meia Danilo e o atacante Jean. A estrela do time é o atacante Carlinhos, de 28 anos, ex-Cidade Azul, Brusque e União de Timbó, com passagem pelo Avaí em 2008, autor de cinco gols pelo Bahia de Feira no último campeonato baiano. "Estou feliz por voltar, pois foi aqui que iniciei no futebol e sempre fui reconhecido. Vou retribuir com muito trabalho e dedicação, disse Carlinhos, que vai ser a principal esperança de gol do time de Josélio Kresch.

Com uma estrutura e investimento bem mais modestos em relação aos favoritos, o XV de Indaial tenta ser um elemento surpresa na Divisão Especial. E até penso que ainda não é o momento do time se arriscar numa primeira divisão. Precisa conseguir mais investimento, investir em melhorias do seu estádio (as cabines de imprensa ficam anexas aos alojamentos dos atletas) para tentar se assanhar na elite. Mas Josélio Kresch vai fazendo um trabalho bem organizado, formando atletas e, quem sabe, tentando descobrir mais um Leandro Damião. Pode não ser o campeão, mas o XV vai dar bastante trabalho aos adversários, principalmente jogando dentro da sua casa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário