sábado, 18 de agosto de 2012

JEC perde com garra. Avaí vence com gol suado

Joinville e Avaí entraram em campo nessa sexta, em jogos de qualidade bem diferente, mas que traz mensagens iguais para os dois times. O tricolor, que vem jogando bem, vai continuar brigando pela parte de cima. E o Avaí, que não fez um bom jogo mas venceu, vai ter novos reforços que vão ajudar e muito.

Em Salvador, o JEC tinha pela frente o Vitória, aquele que é, ao lado do Criciúma, o favorito atual para levar o título. Tem quem imaginaria que o time poderia se fechar, ou tentar um empatezinho por lá. Nada disso. Mais uma vez o time teve personalidade mesmo jogando com um a menos e fez um senhor abafa no segundo tempo. Não conseguiu o gol, é verdade (mas teve chances claras pra isso), mas saiu de campo com o sentimento de dever cumprido diante das dificuldades. O Joinville foi determinado, mostrou uma garra absurda e continuou dando o recado que brigará pelo G4. Não se parabeniza por uma derrota, mas tem que elogiar a conduta do time em campo. É com esse tipo de foco e determinação que se consegue o acesso.

Manoel Bento / Avaí FC
E na Ressacada, quase que deu problema. Barueri saiu na frente em bobeira de Leandro Silva, Avaí não conseguiu encaixar o jogo, conseguiu o empate com gol de Carreirinha e Pirão, lá pelos 42 do segundo tempo, quando o time tinha um a mais em campo, achou o suado gol da vitória contra um time que luta para não cair. Não jogou bem mas venceu num jogo em que três pontos eram obrigação. O Leão chega aos 30 pontos estipulados como meta e entra bem mais acertado no returno. Depois do jogo, a confirmação da vinda de Marquinhos Paraná e a informação que Ricardo Jesus pode ser anunciado são, sem dúvida, coisas de dar uma maior esperança. Ainda há um caminho a ser trilhado, mas devagar e sempre o time de Hémerson Maria vai conquistando pontos. Não pode atravessar o ritmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário