sábado, 22 de setembro de 2012

A culpa não foi só do Wilson. A situação alvinegra piora ainda mais

Luiz Henrique / Figueirense FC
Assistindo o jogo aqui no Scarpelli, pude ouvir torcedores vaiando o goleiro Wilson a cada vez que ele tocava na bola, após a falha que ocasionou o terceiro gol palmeirense. Não é um jogador qualquer, é um cara que tem história no clube, e que nesse mesmo campeonato salvou o time. Hoje, ele falhou em pelo menos dois gols.

É uma vaia de desespero. Um jogo que o Palmeiras fez rapidamente 2 a 0, uma reação se esboçava, mas a falha de um dos ídolos do clube colocou tudo por água abaixo. Mas a culpa não é só dele.

O Palmeiras de Gilson Kleina veio com a motivação de quem estreia um novo técnico. Com a bola aérea como maior arma, o Figueira tomou dois duros golpes no começo do jogo, capazes de derrubar todo tipo de discurso motivacional que Márcio Goiano tenha feito antes da partida. Um jogo inteiro para tentar virar o placar.

Gilson abriu mão de pressionar o ataque, e tratou de controlar o resultado. O Figueirense parece ter caído na armadilha do adversário, que congestionou o meio-campo e forçou o uso em excesso de bolas cruzadas. Como a alta linha de zaga verde é boa por cima, deu pra controlar sem muito susto. Não havia um diferencial, algo que pudesse provocar uma revolução que trouxesse sorte maior. Resumindo: não tinha ataque capaz o suficiente de furar uma defesa bem postada.

No segundo tempo, o alvinegro tentou trabalhar com a bola no chão e, sem organização, criou chances. Conseguiu fazer um gol, com Aloísio, o que fez com que time e torcida acreditassem no resultado. Mas logo depois, Wilson cometeu o erro que desmontou todo o time de novo. Mais uma derrota dolorida, ainda mais contra um adversário direto, e a Série B de 2013 fica mais perto.

Necessidade de vitórias, Fernandes vai passar por uma artroscopia no ombro, Loco Abreu vai demorar mais um pouco pra retornar e Vasco e Galo fora de casa pela frente. Tá bom de problema?

Vi o segundo tempo sentado na arquibancada, e deu pra sentir a perplexidade e a impotência de muito torcedor diante da situação do Figueirense. Restou levantar e ir embora com tristeza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário