sábado, 27 de outubro de 2012

Causos do JASC: Fritz e o narrador "debilitado"

Os Jogos Abertos de Santa Catarina estão chegando, e lá vou eu pra Caçador para a minha 14a. edição. Nesses anos a gente ouve histórias, causos e experiências de coberturas esportivas que, quando contadas, causam muitas risadas.

E já que teve gente que provocou, é hora de contar alguns desses causos aqui no Blog, pra ficar eternizado. A história abaixo quem me contou foi meu parceiro Giovani Ricardo, da Rádio Cidade.

Conta ele que há mais de 10 anos, com as dificuldades de linhas de transmissão da Telesc, era comum as emissoras de rádio formarem uma cadeia para a transmissão de vários eventos simultâneos. Comandados pelo saudoso Rodolfo Sestrem, um time de radialistas estava a postos, cada um em um ginásio, para mais uma tarde de transmissões.

E o tio do Giovani, o narrador Valdomiro Grundmann, foi escalado para transmitir mais uma rodada do Bolão. Com ele, um alemão chamado Fritz. Valdomiro tinha comido aquela saborosa feijoada e partiu para a cancha, e Sestrem iniciou a transmissão do dia.

Eis que a feijoada fez efeito, e Valdomiro precisou ir ao banheiro, sem antes deixar um recado para o Fritiz: "Ô alemão, eu vou no banheiro, podes ficar ouvindo, mas não encosta nesse microfone!!"

E nisso a transmissão rolou. Lá pelas tantas, um giro no placar. E lá vem o Sestrem:

"Teeemmmmpo e placar nos Jogos Abertos de Santa Catarina, aqui no futsal Blumenau vence Chapecó por 1 a 0, e aí no basquete, Borbaaa?"

E ele foi girando, um a um, os locais de competição. Finalmente, chegou a hora do Bolão:

"E coooomo está a situação do bolããão, Valdomiro Grundmannn?"

Nada, nem um sinal, e o Fritz lá ouvindo. Foi assim por uma, duas, três, quatro vezes, e nada do Valdomiro "se recuperar" e voltar pra cancha e começar a dar informações. E o Fritz lá atento.

Na sexta vez, Sestrem tentou novamente falar com Valdomiro:

"Vamooooss veeeer se temos notícias do Bolããão. Aloooo Valdomiro Grundmann!!"

Agoniado, o Fritz olhou pro microfone e resolveu dar uma satisfação. Ele respondeu, e o diálogo segue:

"Arô!"

"Aleluuuuuuia Valdomiro Grundmannnn!!! Como que está a situação do Bolão aí???""

"Nein nein, aqui non é o Valdomiro, é o Frritz. O Valdomiro foi dar uma cagada e xá vollta"

Silêncio na transmissão por cinco minutos. Ninguém conseguia transmitir mais nada.


Um comentário: