sábado, 20 de outubro de 2012

Derrota para jogar a toalha de vez

Alceu Atherino / Avai FC
Nesta semana, o Avaí teve a prova incontestável que não merece estar no G4. Perdeu, sem discussão nenhuma, para dois dos times que estão na parte de cima da tabela. Depois dos 3 a 1 para o Atlético-PR, o time do Goiás, redondinho, não tomou conhecimento do bagunçado time de Argel, goleou, e de quebra se credenciou para brigar pelo título com Vitória e Criciúma. Três vagas já estão definidas.

E foi o tipo de derrota que não força o torcedor a vaiar o time. É de ficar quieto, ir embora, e ter a certeza de que esse não é o ano.

Argel não sabe o que faz no time. Resolveu desenterrar Fábio Santos do seu exílio dos campos , o que obviamente não funcionou. Mesmas falhas de sempre na armação, na baixa qualidade do ataque e na linha de zaga que deixou a dupla Walter e Ricardo Goulart trabalhar com tranquilidade. Goleada merecida, e se fosse de mais estava de bom tamanho.

Serão longos e doloridos jogos para cumprir tabela até o fim da temporada, que teve um título estadual comemoradíssimo, mas uma campanha tão fraca na Série B que apagou a chama da volta olímpica em maio. A diretoria pode começar já a fazer as mudanças para 2013, que precisam ser muito grandes. Não dá pra ser feliz com um elenco inchado e de baixa qualidade, ainda mais com os salários atrasados.

Bola pra frente que o ano já está terminando.


Nenhum comentário:

Postar um comentário