terça-feira, 2 de outubro de 2012

Lenga-lenga que vai deixar o Avaí na Série B

Jogando bem ou mal, merecendo coisa melhor ou não, a verdade é: o Avaí não poderia de forma alguma perder pro ASA. Depois de bater o líder em casa, era de se esperar uma atuação melhor ou igual contra o 15o. colocado.

Não aconteceu, o time voltou pra pasmaceira. Faltou a vibração de um time que quer subir. O jogo de sábado foi um sinal falso. O time é esse aí para o resto do ano, apenas cumprindo tabela e esperando 2013 chegar.

Quando falo em vibração, é a motivação que deveria ser trazida no bagageiro do avião pra Alagoas. No sábado, o Avaí fez o que só dois times haviam conseguido, que era vencer o Vitória e dado mais um fio de esperança pro torcedor. Aí começou o jogo, e voltou a aparecer aquele time sem um fato novo, sem um brilho a mais que o podia colocar em condição de brigar com a turma de cima da tabela. Um meio-campo muito desorganizado, um ataque que não resolve contra um adversário esforçado pelo desespero, que marcou seu gol numa imperdoável falha de zaga no comecinho do jogo, onde a bola passou rasteira por  quatro jogadores avaianos, que não tiveram a condição de afastar uma bola fácil.

E nisso aí a Série A de 2013 se torna, definitivamente, um sonho inalcançável. Até sábado, ainda existia aquela esperança que se baseava apenas na matemática. É hora de deixar de maltratar a cabeça do torcedor com falsas esperanças. Melhor esperar o ano terminar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário