terça-feira, 6 de novembro de 2012

É hora de JASC: quem é quem

Já estamos em Caçador, para mais uma edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina, que vai até o dia 17. Muito se fala que a competição perdeu importância com o passar dos anos. Eu discordo: serão mais de 4 mil atletas de 85 municípios presentes. Para muitas modalidades de diversas cidades, os JASC são a competição mais importante do ano.

Sem contar que vários dos grandes nomes do esporte catarinense por aqui passaram, como Gustavo Kuerten e Fernando Scherer, só pra citar dois.

A atual campeã geral dos JASC é Florianópolis, aliás, tricampeã. É a cidade que faz o investimento mais forte visando exclusivamente o título geral, onde não sei até que ponto serve como uma boa exposição. De qualquer forma, Floripa é a ampla favorita ao tetracampeonato, até porque Blumenau e Joinville vêm desfalcados por causa do regional Leste-Norte, onde disputam vagas nos Jogos, e Criciúma, a surpreendente vice-campeã do ano passado, não traz todo o investimento do ano passado.

Como a cidade-sede, que tem vagas garantidas em todas as modalidades não investiu em contratações, tudo indica que a capital faturará o título geral e dará uma volta no carro de bombeiros pela Beira-mar Norte.

E tem cidade que vem desmanchada pra cá, principalmente aquelas em que a atual administração perdeu as eleições e fez uma onda de demissões para fechar o ano. Jaraguá do Sul é um exemplo.

Estou aqui com a equipe do grupo RIC que está em Caçador para a cobertura dos Jasc. Não perca nossa cobertura, que começa com a cerimônia de abertura, que vai ao ar as 22:15 pela Record News.

Nenhum comentário:

Postar um comentário