quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Jogo de ida perfeito. Faltam 90 minutos para a Série B conhecer Chapecó

Junior Matiello
Se fora de casa o time não rende, dentro do gramado alto da Arena Condá não tem pra ninguém. E nesse confronto contra o Luverdense, os primeiros 90 minutos tinham que ser perfeitos.

E foram. Tudo correu de forma perfeita. Três a zero. Boa vantagem, sem tomar gols em casa, enfim, a cartilha do acesso vai sendo seguida.

O Verdão deu um nó no adversário, que não jogou. A Luverdense chegou no ataque na base do abafa, com bolas alçadas e chutes de fora, mas o adversário estava bem postado, sereno, e com um goleiro Nivaldo atento. Demorou para sair o gol, até porque a proposta do time do Mato Grosso era levar a decisão para casa com o mínimo prejuízo possível. A expulsão do bom zagueiro Dão, a principal peça da defesa do visitante, abriu as portas para o maiúsculo resultado. Podia ser de mais, mas não tem como reclamar de um três a zero.

A vaga nunca esteve tão perto nesses três anos que a Chapecoense chega na fase decisiva da Série C. O acesso está ali, para ser conquistado daqui a uma semana. O jogo de volta promete ser de um Luverdense nervoso, que vai entrar em campo com uma motivação construída durante toda a semana, mas sabedor que a caminhada é bem complicada.

É só não perder a cabeça, que a Série B 2013 vira realidade.

Parabéns ao técnico Gilmar Dal Pozzo, armou o time de forma perfeita hoje.

E vai ter time grande conhecendo Chapecó.


Nenhum comentário:

Postar um comentário