segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Márcio Goiano fora do Figueirense. Começou a limpa

Globoesporte.com
Atualização das 16:43: Segundo o diretor de futebol Vanderlei Silva ao DC (leia aqui), Abel Ribeiro não foi demitido. O post está corrigido.

Rebaixado para a Série B, a nova gestão do Figueirense começa, efetivamente, a colocar as manguinhas de fora para arrumar a casa para 2013.

Márcio Goiano está fora, o que não chega a ser uma surpresa.

Vamos falar a verdade: Goiano não chegou ao Figueira como uma contratação feita para salvar o time. Veio para acalmar a torcida diante de um cenário nada animador no Brasileirão. Ele não trouxe nada novo, e nem tinha muito o que fazer, com um elenco desmotivado, com os principais jogadores em má fase e um engodo chamado Loco Abreu, com um salário enorme e custo-benefício zero. Com o dinheiro do investimento feito no uruguaio, daria pra tentar trazer reforços. Daria, mas não foi assim que a coisa correu.

Hora de pensar em 2013. Fernando Gil assume o time nos momentos finais da Série A. Enquanto isso, começa o desenho do que pode ser o "Brillinger Style" no Figueira. E a diretoria confirma a  chegada de Leandro Niehues, homem criado no Atlético-PR, que vem para ser o novo coordenador de futebol, ou um "gerentão", nas palavras do Vanderlei Silva. Já teve gente falando que pode ser um sinal da LA Sports começar a circular lá pelas bandas do Estreito. Mas para isso, é bom ver os próximos passos dessa limpa, que vai ser grande. A próxima notícia vai ser a barca de jogadores que não vai permanecer. E ela vai ser grande.


Nenhum comentário:

Postar um comentário