sábado, 10 de novembro de 2012

Se em casa não funciona, fora o Criciúma é grande

A rodada da Série B começou com o Criciúma sob grande ameaça depois da vitória do São Caetano na sexta-feira. A ameaça de sair do G4, antes inimaginável, virou um incômodo fantasma, e era indispensável uma vitória convincente fora de casa para afastar o perigo.

O bom é que, fora de casa, o time não perde há exatos dois meses. Era só manter a escrita e tá tudo certo. E pra colaborar, o Vitória perde para o Guará.

O São Caetano, quinto colocado, até pode brigar pelo acesso, mas vai ser contra Atlético e Vitória que ele vai brigar.

O Criciúma nem precisa vencer o Atlético, aliás, um empate basta. Ou o Goiás não perder para o São Caetano

Teve susto, sinal de alerta, mas não tem mais volta. Fora de casa, o time voltou a jogar feito gente grande e carimbou o passaporte encaminhado com a campanha de um time que esteve no G4 por 36 rodadas. Não é qualquer acidente de percurso que vai tirá-lo de lá justo agora.

Vai Tigre, confirma logo esse acesso e vai brigar pelo título na Ressacada na última rodada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário